Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Lesão de Thiago Mendes preocupa e Ceni não vê substituto ideal

Volante machucou o joelho direito contra o Avaí e passará por exames nesta terça-feira

Paulo Favero, Estadão Conteúdo

23 Maio 2017 | 11h06

O São Paulo pode ter um sério desfalque para a partida com o Palmeiras, sábado, no Morumbi, pelo Brasileirão. O volante Thiago Mendes machucou o joelho direito e passará por exames nesta terça-feira para saber a gravidade da lesão. O problema preocupa a comissão técnica, ainda mais porque o jogador não tem um reserva com as mesmas características.

"Torço para que não seja nada grave. Ele disse que estalou o joelho. Quando o Morato se machucou foi muito parecido. O Thiago é de um utilidade enorme. Tem uma energia grande, é uma peça fundamental, não tenho jogador que possa substituí-lo com as mesmas características", explicou o técnico Rogério Ceni.

Ele citou três atletas e todos estão no departamento médico. O volante Wesley teve um problema muscular e está fora. Araruna também se machucou, está perto de voltar, mas não deve ser relacionado ainda para o clássico. E Morato, que poderia ser improvisado no setor, não joga mais esse ano por causa de uma lesão no joelho.

"O Araruna não tem a mesma chegada no ataque que o Thiago, mas tem a mesma dinâmica no meio. Espero que eu possa contar com o Thiago para o clássico e, caso não possa, que eu possa contar o mais breve possível", explicou Rogério Ceni, ciente de que vai ter de pensar numa outra estratégia caso o volante não tenha condições.

Para José Sanchez, médico do São Paulo, a situação de Thiago Mendes requer cuidados. "Preocupa na medida que ele saiu do jogo com bastante dor. A gente tem esperança de que, eventualmente, seja mais o trauma no local. Mas foi um entorse, ele está com limitação funcional e tem de aguardar os exames", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.