Reprodução Twitter Guarani
Reprodução Twitter Guarani

Lisca garante que Guarani vai crescer na Série B após reconquistar confiança

Equipe de Campinas encerrou jejum diante do Juventude

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2017 | 19h10

Depois de passar oito jogos sem vencer e viver um ambiente de pressão, com direito até a uma emboscada feita por um grupo de torcedores na quinta-feira passada, enfim o Guarani iniciou uma semana em clima de paz. O elenco se reapresentou nesta segunda, visivelmente aliviado, e o técnico Lisca já começou os trabalhos para o jogo de sábado contra o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 32.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Juventude demite técnico Gilmar Dal Pozzo após derrota para o Guarani

Lisca acha que a vitória, além de aliviar a pressão, vai mudar o lado psicológico do time. "Vai acabar com o medo, tensão e a falta de confiança. Com todos estes aspectos a nosso favor, o time, com certeza, vai crescer de produção, afinal ele tem qualidade técnica", avaliou.

Durante o treino desta segunda-feira, Lisca aproveitou para fazer alguns testes. Lenon, Baraka e Bruno Nazário foram poupados das atividades. Com isso, Kevin treinou na lateral direita, Willian Rocha na zaga e Bruno Mendes, que retorna de suspensão, no ataque. O zagueiro Ewerton Páscoa foi improvisado como volante. Outra novidade foi a entrada de Pablo na contenção do meio de campo, o que indica que ele deve ser o escolhido para substituir o suspenso Betinho.

O Guarani está na 14.ª colocação com 38 pontos, a três do Luverdense, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. No entanto, não tem chances de entrar na degola na próxima rodada mesmo se perder, já que tem duas vitórias a mais que o time mato-grossense (10 a 8).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.