Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Lista final de Bola de Ouro de revista francesa é completada e só tem 3 do Brasil

Apenas Neymar, Marcelo e Philippe Coutinho estão entre os 30 jogadores indicados para a tradicional premiação

Estadão Conteúdo

09 Outubro 2017 | 16h50

Divulgada aos poucos pela revista France Football, a lista completa de 30 indicados à Bola de Ouro, tradicional premiação anual da publicação, foi confirmada na tarde desta segunda-feira e não trouxe a presença de nenhum outro brasileiro candidato à honraria de melhor jogador do mundo. Horas mais cedo, listagens iniciais com um total de 15 nomes revelaram que Neymar, do Paris Saint-Germain, Philippe Coutinho, do Liverpool, e Marcelo, do Real Madrid, estão entre os concorrentes ao prêmio concedido pelo prestigioso veículo da mídia francesa.

+Neymar, Marcelo e Coutinho são finalistas à Bola de Ouro

Essa lista inicial de 15 nomes, revelada de forma fracionada em três partes, primeiro trouxe Neymar, o croata Modric, do Real Madrid, o argentino Dybala, da Juventus, o francês Kanté, do Chelsea, e o brasileiro Marcelo. Em seguida, a revista francesa revelou como outros cinco indicados os nomes de Philippe Coutinho, do uruguaio Luis Suárez (Barcelona), do espanhol Sergio Ramos (Real Madrid), do belga Mertens (Napoli) e do goleiro esloveno Oblak (Atlético de Madrid).

 

Um pouco mais tarde, a publicação também anunciou que o belga De Bruyne (Manchester City), o polonês Lewandowski (Bayern de Munique), o espanhol De Gea (Manchester United), o inglês Harry Kane (Tottenham) e o bósnio Edin Dzeko (Roma) estão entre os 30 finalistas ao prêmio, cujo grande vencedor será eleito por meio de votos de jornalistas que trabalham para a publicação ao redor do mundo.

Já nas primeiras horas desta tarde de segunda-feira (pelo horário de Brasília), a France Football anunciou a listagem com outros 15 nomes para completar o grupo de 30 finalistas. Foras eles: Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Toni Kroos (Real Madrid), Gianluigi Buffon (Juventus), Sadio Mané (Liverpool), Radamel Falcao (Monaco), Lionel Messi (Barcelona), Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund), Edinson Cavani (PSG), Mats Hummels (Bayern de Munique), Karim Benzema (Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Eden Hazard (Chelsea), Leonardo Bonucci (Milan), Isco (Real Madrid) e Kylian Mbappé (PSG).

No final das contas, o Real Madrid foi o clube com o maior número de indicados ao prêmio, com sete atletas ao total, enquanto o país que conta com mais jogadores entre os candidatos é a França, com quatro: Griezmann, Benzema, Kanté e Mbappé.

 

O Brasil, com seus três finalistas, divide a condição de segunda nação com maior número de candidatos com Bélgica e Espanha, enquanto Alemanha, Argentina, Itália e Uruguai tiveram dois finalistas cada um.

 

O grande favorito a ficar com o prêmio de melhor jogador do mundo desta premiação de 2017, porém, é o português Cristiano Ronaldo, protagonista decisivo da campanha vitoriosa do Real Madrid rumo ao título da Liga dos Campeões conquistada neste ano. O argentino Lionel Messi, que faturou a honraria de melhor do planeta em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015, desta vez concorre como azarão, pois não vem conseguindo ter sucesso com a seleção argentina e só conseguiu levar o Barcelona a um título na temporada passada, que foi o da Copa do Rei.

 

Entregue pela France Football desde 1956, a Bola de Ouro chegou a ter a sua premiação unificada com a promovida pela Fifa entre 2010 e 2015, mas a parceria da entidade com a revista acabou a partir do ano passado. Antes disso, em 2008, Cristiano Ronaldo faturou a honraria concedida pela publicação francesa, antes de também ganhar a mesma em 2013 e 2014. Ou seja, no período em que a Bola de Ouro foi entregue em conjunto entre a revista e a Fifa, apenas o português e astro argentino do Barcelona faturaram a premiação.

Mais conteúdo sobre:
Neymar Bola de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.