Montagem: Divulgação/Site oficial do Flamengo e Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro
Montagem: Divulgação/Site oficial do Flamengo e Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro

‘Longa decisão’ da Copa do Brasil tem início no Maracanã

Flamengo e Cruzeiro fazem a primeira partida da final no Rio; segundo jogo será após intervalo de três semanas

Fábio Grellet / RIO, O Estado de S.Paulo

07 Setembro 2017 | 07h00

Vinte e quatro dias após assumir, o técnico colombiano Reinaldo Rueda começa hoje a decidir seu primeiro título pelo Flamengo. O rubro-negro enfrenta o Cruzeiro às 21h45, no Maracanã, na primeira partida da decisão da Copa do Brasil. O segundo jogo será no Mineirão, mas apenas no dia 27. O clube carioca tem três títulos (1990, 2006 e 2013); o mineiro, quatro(1993, 1996, 2000 e 2003). O campeão tem vaga direta na Libertadores de 2018.

Rueda chega à decisão com uma dúvida importante: Thiago ou Alex Muralha no gol – Diego Alves não está inscrito. Muralha não foi bem na partida em que o Flamengo foi eliminado da Primeira Liga pelo Paraná, sofre pressão da torcida, é criticado pela imprensa e, apesar de ter o apoio dos companheiros, convive com a desconfiança.

“Não é uma decisão fácil. É uma decisão que atende vários pontos, sociológicos, psicológicos, da torcida. Temos de fazer uma análise buscando o melhor para a equipe. A situação não é fácil. Nosso psicólogo está trabalhando com os goleiros’’, disse Rueda. “O Muralha tem assumido sua responsabilidade, é um jogador muito maduro, inteligente, equilibrado. Creio que tem trabalhado muito bem, não perdeu a alegria. Na escalação vocês vão saber”, completou.

O treinador também tem problema no ataque. Guerrero está suspenso e Rodrigo Vizeu, seu substituto imediato, machucado. Uma possibilidade é Rueda escalar Vinícius Junior desde o início, junto com Berrío e Everton na linha ofensiva.

Sobre a estratégia para a decisão, Rueda afirmou que o Flamengo deve fazer um jogo “inteligente”: “Um jogo com muita ordem, com altíssimo nível de agressividade. O Cruzeiro sabe sair jogando com muita qualidade, e não podemos deixar. Temos de fazer um bom diagnóstico e conhecer bem a situação de jogo. Tem de ter muita intensidade e altíssimo grau de atenção”, afirmou.

Sobre decisões em sistema de mata-mata, Rueda afirmou que “são jogos muito intensos, 180 minutos. É importantíssimo esse primeiro jogo para fazer uma boa diferença’’.

O colombiano também comentou suas primeiras semanas no Brasil: “A dificuldade grande é no calendário. Cheguei numa semifinal de Copa do Brasil, depois já Brasileirão, agora a final (da Copa do Brasil). Tudo muito intenso.”

Adversário. No Cruzeiro, a única dúvida do técnico Mano Menezes é no ataque: Rafael Sóbis e Raniel disputam a chance de compor o setor ofensivo ao lado de Thiago Neves, Alisson e Robinho. Sóbis é muito mais experiente, mas amarga um jejum de 15 jogos sem gols. Raniel, de 21 anos, disputou quatro dos últimos cinco jogos do Cruzeiro e marcou dois gols.

“O sentimento que tenho é que a equipe sabe por que chegou até aqui e sabe como tem que se comportar na final”, afirmou Mano. “Rueda tem as dúvidas dele. Nós temos as nossas opções. O Cruzeiro está pronto para disputar o título.”

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO x CRUZEIRO

FLAMENGO - Thiago (Alex Muralha); Rodinei, Réver, Juan e Pará; Cuéllar, William Arão, Diego e Berrío; Vinicius Junior e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Thiago Neves, Robinho e Alisson; Rafael Sóbis (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

HORÁRIO - 21h45.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.