1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Lucas Lima lamenta fracasso no acerto entre Santos e Robinho

- Atualizado: 11 Fevereiro 2016 | 14h 03

O fim das negociações entre Robinho e Santos frustraram Lucas Lima. O anúncio do clube paulista de que não vai contratar o atacante deixaram o meia decepcionado, pois ele esperava reviver a parceria que teve com o ídolo santista recentemente e levou a equipe a faturar o título do Campeonato Paulista no ano passado.

"Ele é um jogador espetacular, que alegra o ambiente. Entendo o lado dele e o lado do Santos, mas fiquei triste", disse Lucas Lima, em entrevista à ESPN Brasil, sobre o atacante, que atou ao lado do meia na sua terceira passagem pelo clube, entre 2014 e 2015.

Depois que deixou o Santos, Robinho teve uma passagem frustrante pelo Guangzhou Evergrande, da China. Como o atacante está sem time, o clube da Vila Belmiro tentou contratá-lo mais uma vez, mas dessa vez não teve sucesso, pela alta pedida salarial do jogador, de acordo com justificativa apresentada em comunicado oficial divulgado nesta quinta.

O destino de Robinho está indefinido, mas Lucas Lima sabe que em um futuro possível encontro com o atacante será alvo de brincadeiras e pedidos para apostas do ídolo santista. "Duro falar para onde vai, mas se acertar com time brasileiro, com certeza vai falar que dará caneta, vai querer fazer aposta. É a cara dele", comentou.

Hoje com 32 anos, Robinho viveu alguns dos maiores momentos da sua carreira pelo Santos, tendo conquistado dois títulos do Campeonato Brasileiro, em 2002 e 2004, dois do Campeonato Paulista, em 2010 e 2015, e um da Copa do Brasil, em 2010.

A desistência do Santos deve abrir caminho para o Atlético Mineiro intensificar as negociações para contratar o atacante, visando especialmente a disputa da Copa Libertadores. Outra possibilidade seria o acerto de Robinho com algum clube de fora do Brasil.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX