1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Lugano admite que São Paulo não esperava perder no Pacaembu

- Atualizado: 18 Fevereiro 2016 | 12h 52

'Derrota complica história do São Paulo na Libertadores', afirma

O líder do elenco do São Paulo admitiu a surpresa pela derrota por 1 a 0 em pleno Pacaembu para o The Strongest, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores. O zagueiro Diego Lugano, que ainda não estreou pela equipe, disse na saída do estádio que o resultado negativo era inesperado e agora, traz como impacto complicar a missão de se classificar para as oitavas de final da competição.

O uruguaio de 35 anos treina para recuperar a forma física antes da estreia e foi ao Pacaembu acompanhar a partida junto com o zagueiro recém-contratado Maicon. "Realmente ninguém esperava perder hoje. Acho que o time teve muito volume de jogo, criou muitas situações, teve muita bola parada a favor, mas não concretizou. E na Libertadores você paga caro por esses erros", afirmou Lugano.

Uruguaio Diego Lugano ainda não reestreou pelo São Paulo
Uruguaio Diego Lugano ainda não reestreou pelo São Paulo

O zagueiro foi contratado para atuar como um líder do elenco e veio com o aval do técnico Edgardo Bauza. Campeão da Libertadores pelo São Paulo em 2005, o defensor demonstrou preocupação com a situação do time no torneio. "Acho que essa derrota complica, complica muito a história do São Paulo na Libertadores. O time tem que melhorar e ter resultado", afirmou. Lugano ressaltou que apesar da derrota, pelo menos a equipe tem conseguido criar chances.

Em 2005 o defensor enfrentou o The Strongest em La Paz pela fase de grupos, em confronto que empatou em 3 a 3. A dificuldade em ganhar na altitude fez Lugano explicar que devolver uma vitória contra o The Strongest será complicado. "Se você começa uma fase de grupos perdendo em casa para um rival direto, obviamente que fica complicado. Agora tem cinco jogos e termos que ganhar quase todos. Então, essa é a realidade. Essa é a realidade", comentou.

Bauza disse que o uruguaio vai estrear pelo São Paulo no próximo domingo, contra o Rio Claro, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. O argentino não definiu se o zagueiro será escalado como titular ou fica como opção para entrar no segundo tempo da partida.

Libertadores de 2016
Alex Cruz/EFE
Libertadores 2016

Carlos Esquivel, do Toluca, disputa bola com Marcelo Oliveira, do Grêmio, durante jogo que terminou com vitória dos mexicanos pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX