1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Lugano não aparece em reapresentação do Cerro Porteño

- Atualizado: 03 Janeiro 2016 | 20h 08

Acerto com São Paulo deve ser anunciado nos próximos dias

A diretoria do Cerro Porteño, do Paraguai, já perdeu as esperanças de contar com o zagueiro uruguaio Diego Lugano para a próxima temporada. O defensor tem acerto com o São Paulo e deve ser anunciado pelo clube brasileiro nos próximos dias.

Neste domingo, o jogador não apareceu na reapresentação dos jogadores do time paraguaio para a pré-temporada e aumentou os boatos de que não vai permanecer em Assunção. O próprio presidente do Cerro Porteño, Juan José Zapag, se manifestou sobre o episódio e disse que deve acontecer uma reunião com o São Paulo nesta segunda-feira.

Volta de Lugano ganhou força após a aposentadoria de Rogério Ceni

Volta de Lugano ganhou força após a aposentadoria de Rogério Ceni

"Estamos à espera do jogador. Seu representante comentou que chegaria gente do São Paulo amanhã (segunda-feira). Vamos esperar com tranquilidade uma comunicação dele na chegada, do representante e do clube que supostamente tem interesse, para definir se fica ou não. A princípio, ele tem contrato com o Cerro. Vamos conversar com tranquilidade para não dar informações erradas sobre o futuro do jogador", disse.

O dirigente aguarda o representante tricolor para oficializar a saída de Lugano. "É um tema para conversar pessoalmente, não por telefone. Não é uma questão de vida ou morte. Vamos respeitar o tempo. Queremos respeitar a instituição e o jogador. Estamos tranquilos", comentou.

O retorno de Lugano ao Morumbi ganhou força ainda maior depois de um ano ruim do elenco e por causa da aposentadoria do goleiro e capitão Rogério Ceni. A diretoria entende que o elenco carece de líderes e vê com bons olhos a volta do zagueiro uruguaio, ídolo da torcida do São Paulo.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX