Luis Enrique confirma Iniesta e vê boa condição física de meia para reta decisiva

Veterano de 32 anos desfalcou a equipe nas partidas contra Osasuna e Espanyol

Estadao Conteudo

05 Maio 2017 | 12h34

O técnico Luis Enrique confirmou nesta sexta-feira que o Barcelona contará com o retorno de Andrés Iniesta na partida contra o Villarreal, neste sábado, às 13h30 (de Brasília), no Camp Nou, onde o time tentará buscar nova vitória para seguir com boas chances de conquistar o título do Campeonato Espanhol.

O veterano meio-campista de 32 anos desfalcou o Barça nas partidas contra Osasuna e Espanyol por causa de um desconforto muscular, mas o treinador assegurou que o jogador treinou bem nos últimos dois dias e está pronto, inclusive, para atuar durante os 90 minutos dos últimos quatro duelos que a equipe fará nesta reta final de temporada.

Na liderança do Espanhol, com 81 pontos, o Barça está em vantagem em relação ao Real Madrid apenas nos critérios de desempate, assim como o arquirrival tem um jogo a mais para disputar na competição nacional nesta luta direta pelo título. Além dos duelos contra Villarreal, Las Palmas (fora) e Eibar (em casa) nas três rodadas finais, o time catalão também irá jogar pelo troféu da Copa do Rei no dia 27 de maio, quando fechará esta temporada na decisão contra o surpreendente Alavés.

Ao confirmar a volta de Iniesta, Luis Enrique destacou que o jogador está "preparado" para esta reta derradeira da temporada e exaltou que "todos puderam desfrutar da trajetória" vitoriosa do craque com a camisa do clube.

Nesta sexta-feira, o meio-campista e capitão do time catalão treinou normalmente e assim deverá receber alta médica do clube neste sábado para poder atuar diante do Villarreal, que foi elogiado pelo treinador do Barça e ocupa a quinta posição do Campeonato Espanhol, com 63 pontos. Assim, a equipe encabeça a zona de classificação para a Liga Europa e ainda sonha com uma possível vaga na Liga dos Campeões.

"O Villarreal é um time que apresenta dificuldades na defesa (para os seus adversários) e que se posiciona muito bem. Ao mesmo tempo, faz transições (ofensivas) muito perigosas e se trata de um dos times mais difíceis (de se vencer) na Liga (Espanhola)", disse Luis Enrique na entrevista coletiva que concedeu nesta sexta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.