Carlos Gregório Jr./ Vasco.com.br
Carlos Gregório Jr./ Vasco.com.br

Luís Fabiano brilha, Vasco bate o Bahia e soma primeiros pontos no Brasileirão

Equipe carioca se recupera após perder primeiro jogo para o Palmeiras por 4 a 0

Estadao Conteudo

21 Maio 2017 | 13h18

Com direito ao gol 400 de Luís Fabiano na carreira, o Vasco da Gama conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro ao vencer o Bahia pelo placar de 2 a 1, em partida realizada na manhã deste domingo, em São Januário, pela segunda rodada. Os dois têm os mesmos três pontos, mas pelo saldo de gols os baianos, com três positivos, estão em quarto lugar e os cariocas em 11.º, com três gols negativos.

Com um time misto por visar a segunda partida da final da Copa do Nordeste na próxima quarta-feira - apenas cinco jogadores que atuaram no primeiro jogo contra o Sport iniciaram a partida -, o Bahia sofreu com a falta de entrosamento. E teve pela frente um Vasco que buscava a reabilitação após ter sido goleado na estreia pelo Palmeiras, por 4 a 0.

O time carioca dominou os 45 minutos iniciais, mas não conseguiu tirar o zero do placar. As melhores oportunidades saíram com o atacante Luís Fabiano. A primeira logo aos sete minutos, quando Douglas cobrou falta na cabeça do artilheiro, mas Jean salvou o Bahia com uma ótima defesa. O goleiro ganhou outro duelo contra o artilheiro vascaíno na sequência, após passe de Yago Pikachu.

No segundo tempo, o Vasco conseguiu ter mais frieza para abrir o marcador em São Januário. O gol, curiosamente, saiu dos pés de Martín Silva. O goleiro cobrou tiro de meta para Luís Fabiano. O atacante dominou e deu passe açucarado para Yago Pikachu, que avançou em velocidade, tirou o goleiro Jean da jogada e mandou para o fundo das redes.

Após o gol, o Bahia tentou diminuir com Gustavo, mas foi Luís Fabiano que ampliou o placar para o Vasco da Gama e chegou ao gol 400 da carreira. Aos 29 minutos, Gilberto cruzou para Kelvin, que parou na defesa de Jean. Mas na sobra, o veterano atacante, na pequena área, empurrou para as redes e fez 2 a 0.

O clube baiano ainda conseguiu descontar, mas já era tarde para tentar o empate. Wagner perdeu a bola no meio de campo e facilitou o contra-ataque do adversário. Allione lançou para Gustavo, que fez o gol de honra do Bahia. No final, Armero se desentendeu por causa de um arremesso lateral e foi expulso.

Na próxima rodada, o Vasco faz o clássico contra o Fluminense no sábado, às 19 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro. O Bahia entra em campo no domingo, no mesmo horário, para enfrentar o Botafogo no Engenhão.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 1 BAHIA

VASCO - Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques (Breno), Paulão e Henrique; Jean (Bruno Cosendey), Douglas, Mateus Pet e Yago Pikachu (Wagner); Kelvin e Luís Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

BAHIA - Jean; Eduardo, Éder, Tiago e Armero; Edson, Matheus Sales (Edigar Junio), Juninho e Diego Rosa (Zé Rafael); Gustavo e Maikon Leite (Allione). Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Yago Pikachu, aos 7, Luís Fabiano, aos 29, e Gustavo, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho (SP).

CARTÕES AMARELOS - Jean, Martin Silva, Gilberto e Luís Fabiano (Vasco); Armero e Gustavo (Bahia)

CARTÃO VERELHO - Armero (Bahia).

RENDA - R$ 649.110,00.

PÚBLICO - 17.770 pagantes.

LOCAL - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Mais conteúdo sobre:
Vasco futebol Vasco Bahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.