1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Luis Fabiano fica surpreso com recusa de Pato pelo futebol chinês

- Atualizado: 08 Janeiro 2016 | 14h 01

'Deve ter preferência de jogar em algum outro país', diz o atacante

A proposta milionária do Tianjin Quanjian para Alexandre Pato parece não ter balançado o atacante. Ele recusou a oferta e aguarda definições de clube da Europa para decidir sobre seu futuro. Para Luis Fabiano, que atuou com ele na temporada passada no São Paulo, a decisão do ex-companheiro de não ir para a China foi surpreendente.

"Eu conversei com o Pato, mas foi antes de acabar a temporada. A gente ainda estava no São Paulo e existia a possibilidade de nós dois irem. Vi ele muito otimista, vi ele falando que seria grande possibilidade, mas depois não conversamos mais, não sei o que se passa na cabeça dele. Deve ter preferência de jogar em algum outro país. Não tinha nada certo com a gente, mas via ele querendo vir, sem descartar a possibilidade", revelou Luis Fabiano.

Luis Fabiano vai jogar no chinês Tianjin Quanjian, de Luxemburgo, nesta temporada

Luis Fabiano vai jogar no chinês Tianjin Quanjian, de Luxemburgo, nesta temporada

O próprio Corinthians ficou incomodado com a recusa de Pato, pois via na negociação uma forma de ganhar dinheiro por um jogador que não tem muito clima com a torcida. Pato teve uma boa temporada no São Paulo, emprestado pelo rival, mas agora no retorno ao clube alvinegro a prioridade é tentar negociá-lo. Luis Fabiano bem que queria tê-lo mais uma vez como companheiro de ataque, mas por enquanto não está nada certo.

Para Luis Fabiano, a ida de grandes jogadores para a China vai fazer com que se olhe mais para o futebol praticado na Ásia. "Essa debandada do futebol brasileiro para a China vai fazer com que se acompanhe mais o futebol de lá. O investimento é grande e acho que vão passar a olhar mais para lá. É um país que vai crescer no futebol, pois está levando experiência e qualidade. Dinheiro eu sei que eles têm."

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX