Lusa já fala em lutar pela vaga

Depois de empatar com o Palmeiras e vencer a Ponte Preta, na últimas duas rodadas do Rio-São Paulo, a Portuguesa volta a sonhar alto. Agora, escapar do rebaixamento não é mais o único objetivo da equipe. "Pensar somente em fugir do rebaixamento é pensar pequeno", afirmou Ricardo Oliveira, artilheiro do time na temporada. "Já que a classificação para as semifinais está muito difícil, temos que tentar ficar entre os seis primeiros e garantir um lugar na Copa dos Campeões, que dá vaga para a Libertadores." O zagueiro Rogério Pinheiro concorda com Ricardo Oliveira. "Está todo mundo muito embolado, com 14, 15, 16 pontos...Com a confiança que nós estamos readquirindo, temos condição de ficar entre os seis". Valdir Espinosa também quer esquecer o rebaixamento. O treinador, aliás, não gosta nem de ouvir essa palavra. "Não existe rebaixamento no Rio-São Paulo. Não há segunda divisão, portanto a palavra correta seria eliminação do torneio do ano que vem." Outro assunto muito comentado nesta sexta-feira no Canindé foi a alteração da data do jogo contra o Bahia, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Inicialmente marcada para o próximo dia 28, às 20h30, a partida foi antecipada para quarta-feira, dia 27, às 19h30, mesmo dia do amistoso entre Brasil e Iugoslávia. O local do confronto, pelo menos, foi mantido. Será no estádio Fonte Nova, em Salvador. "A poucos dias do jogo, teremos que mudar toda a programação que tínhamos feito. Mas tudo bem, já estou acostumado com essa brincadeira", afirmou Espinosa. Para a partida de domingo, contra o Americano, em Campos, Espinosa irá manter o mesmo time que atuou nas últimas duas partidas da Portuguesa. O volante Élson, com uma contusão na cartilagem do joelho direito, continua vetado. "Para o jogo contra o Americano não dá. Semana que vem vamos reavalia-lo para ver se ele volta contra o Bahia", disse Willian Saad, médico do clube. Por outro lado, o meia Sandro Fonseca se recuperou de estiramento na coxa e já voltou aos treinamentos. Mas o atleta também não deve viajar com o grupo.

Agencia Estado,

22 Março 2002 | 18h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.