Luxemburgo abusa da "psicologia"

A psicologia que o técnico Vanderlei Luxemburgo costuma utilizar nas equipes que dirige foi amplamente comentada nesta quinta-feira na Academia de Futebol. Claudecir afirmou que a vitória sobre o São Paulo por 4 a 2 começou a ser desenhada ainda no vestiário, durante a preleção do treinador. Segundo o volante, ?ele colocou uma bola de futebol no centro da roda e disse que se tratava de um prato de comida. Comentou que teríamos que lutar por ela como se luta pela própria sobrevivência. Esse fato, sem dúvida, uniu ainda mais o grupo, que procurou ficar o mais perto da bola em todos os lances. O jogo era realmente diferente, e merecia esse tratamento.? Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

22 Março 2002 | 09h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.