Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Luxemburgo despista sobre interesse de levar Pato para China

Futebol

Clayton de Souza/Estadão

esportes

futebol

Luxemburgo despista sobre interesse de levar Pato para China

'Estão preenchendo a vaga dos estrangeiros e falta uma', diz

0

PAULO FAVERO,
O Estado de S. Paulo

07 Janeiro 2016 | 13h21

O atacante Alexandre Pato é um dos poucos atletas no Brasil que não está aceitando a proposta dos chineses. O Tianjin Quanjian, do técnico Vanderlei Luxemburgo, já fez algumas investidas no atleta do Corinthians, sonha que a negociação dê certo, mas o jogador até o momento não se mostrou disposto a ir jogar na China.

"Eu vou levar mais um jogador brasileiro. Estão preenchendo a vaga dos estrangeiros e falta uma contratação. Vai depender de como vou montar o time. Mas não vou falar nomes. A discussão de negócio envolve valores", afirmou o treinador, que evita especular para não valorizar os atletas.

Na segunda divisão do Campeonato Chinês, cada clube só pode ter no máximo três estrangeiros. O Tianjian Quanjian já acertou com o meia Jadson e o atacante Luis Fabiano. Assim, Luxemburgo quer mais um brasileiro e, além de Pato, está de olho em Everton, do Flamengo, e Geuvânio, do Santos. A intenção é ter um atacante que atue pelos lados do campo.

Apesar da boa proposta, Pato pretende esperar por interesse de outros clubes, principalmente da Europa, mais precisamente do futebol inglês. O jogador estava emprestado ao São Paulo na última temporada, mas voltou ao Corinthians e sabe que não tem clima com a torcida alvinegra. Por isso, a intenção da diretoria do Parque São Jorge é negociá-lo o quanto antes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.