Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Maicon e Edilson voltam a treinar e podem reforçar o Grêmio na Copa do Brasil

Equipe enfrenta o Fluminense na quarta-feira, no Rio de Janeiro

O Estado de S.Paulo

26 Maio 2017 | 20h18

Depois da boa goleada sobre o Zamora, da Venezuela, na última quinta-feira, por 4 a 0, resultado que garantiu o Grêmio na liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores, o elenco se reapresentou nesta sexta com boas novidades.

Recuperados de contusão, o lateral-direito Edilson, o volante Maicon e o meia Lincoln treinaram normalmente, em um coletivo disputado por jogadores que não atuaram desde o início contra o Zamora.

Os três jogadores, porém, ainda estão readquirindo ritmo e não têm condições de encarar o Sport neste domingo, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. A dúvida é se eles poderão ou não enfrentar o Fluminense na quarta-feira, no Rio, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O atacante equatoriano Miller Bolaños, por sua vez, realizou uma atividade no campo com o fisioterapeuta Henrique Valente, enquanto que o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira segue sem condições de trabalhar com bola.

O ponto negativo desta sexta-feira ficou pela notícia de que o lateral-direito Leonardo Gomes sofreu um trauma no joelho e não tem previsão de retorno. Como o técnico Renato Gaúcho pretende escalar um time alternativo neste domingo, poupando os titulares, Leonardo seria titular. Edilson, ainda sem condições, e Léo Moura, desgastado, também estão fora. Ramiro, assim, pode ser improvisado na posição.

Mais conteúdo sobre:
Futebol futebol Grêmio Maicon Edilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.