1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Futebol Internacional

Manchester City empresta atacante Negredo ao Valencia

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2014 | 19h 41

Sem espaço no clube inglês, um ano após ser contratado, goleador ficará na Espanha por uma temporada e com opção de compra

Um ano depois de ter sido contratado pelo Manchester City, o atacante Álvaro Negredo está de volta à Espanha. Ele foi anunciado nesta segunda-feira, último dia da janela para transferências da Europa, como novo reforço do Valencia. O jogador assinou contrato por empréstimo de uma temporada com a nova equipe, com opção de compra ao fim do período.

A confirmação do negócio surpreendeu porque esperava-se que Negredo tivesse papel importante no Manchester City em 2014/2015. Ele chegou em grande forma na temporada passada e teve um grande início de trajetória pelo City, mas aos poucos foi perdendo espaço. Na pré-temporada, sofreu uma fratura no pé, que o tira de combate até hoje, e viu Jovetic entrar muito bem no ataque da equipe, o que pode ter contribuído para sua liberação.

Negredo optou pela transferência mesmo sabendo que não disputará competições europeias, uma vez que o desejo dele era apenas voltar a se sentir fundamental em uma equipe. Para o City, o negócio também foi bom, já que o atacante poderá voltar a atuar com frequência e não enfrentará o time inglês ao longo da temporada.

Se quiser ficar com Negredo ao fim do período, o Valencia terá que desembolsar 30 milhões de euros. O jogador atuará no sexto clube de sua carreira, depois de passar por Rayo Vallecano, Real Madrid, Almería e Sevilla antes de chegar ao Manchester City.

RICHARDS NA FIORENTINA - Outro jogador liberado pelo Manchester City foi o zagueiro Micah Richards, que pode atuar como lateral-direito. Também nesta segunda-feira, o clube enviou o atleta de 26 anos por empréstimo de um ano para a Fiorentina. Ele era o jogador que estava há mais tempo no elenco do time inglês.

Richards se destacou com a camisa do City entre 2010 e 2011, quando chegou a ser convocado 13 vezes para a seleção inglesa. De lá para cá, no entanto, perdeu espaço em meio às inúmeras contratações da equipe e pouco atuou nas últimas duas temporadas. No total, fez 245 partidas pelo clube.

Futebol Internacional