Washington Alves / LightPress / Cruzeiro
Washington Alves / LightPress / Cruzeiro

Mano diz que faltou poder de definição ao Cruzeiro para vencer clássico

Treinador diz, que, no entanto, não quis apagar os méritos atleticanos pela vitória

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2017 | 09h14

O técnico Mano Menezes avaliou que o Cruzeiro deixou escapar a vitória no clássico contra o Atlético Mineiro por falta de poder de definição, desperdiçando as oportunidades de gol que criou. No domingo, o time até abriu 1 a 0 na partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no Mineirão, mas acabou sendo batido por 3 a 1 após ser vazado em três oportunidades no segundo tempo.

+ Sassá é submetido a cirurgia no joelho e seguirá como desfalque no Cruzeiro

+ Mano renova com Cruzeiro até o fim de 2019 e frustra Palmeiras

"Temos sofrido bastante por falta de mais força na última linha de ataque. Nossos jogadores são extremamente técnicos, nós jogamos assim alguns jogos, mas na hora em que precisa mais contundência, como hoje, ficou claro que faltou um homem com característica de finalizador na frente. É o que estamos levando hoje. É uma semana ruim para a gente, mas acontece no futebol. Vamos colocar a cabeça no lugar, trabalhar essa semana que temos pela frente e enfrentar o Palmeiras, que vem crescendo na competição", disse.

Mano assegurou que a sua avaliação não apaga os méritos do Atlético-MG no clássico mineiro. Mas também apontou que o seu time teve diversas chances em contra-ataques de abrir 2 a 0, o que definiria a partida. Mas como não conseguiu, acabou sendo batido.

"Claro que a gente não desmerece porque a gente respeita o nosso adversário. A única coisa que penso fora dos méritos que a gente dá de reconhecimento é que o Cruzeiro teve o jogo na sua mão depois que fez 1 a 0. Tivemos uma chance claríssima com o Alisson, em que nós entramos (na grande área). No segundo tempo certamente tivemos dez contra-ataques à nossa disposição. Certamente um 2 a 0 naquela hora mataria o jogo", analisou o treinador.

O revés deixou o Cruzeiro com 47 pontos e em quinto lugar no Brasileirão. O time voltará a jogar na próxima segunda-feira, quando vai encarar o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 31ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.