1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mano diz que não é hora do zagueiro Cleber deixar o Corinthians

FERNANDO FARO - O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2014 | 08h 10

Atleta, titular absoluto do time paulista, está sendo procurado por um clube alemão, mas, de acordo com o treinador, deve permanecer

A proposta do futebol alemão que pode tirar o zagueiro Cleber do Corinthians tem deixado Mano Menezes incomodado. O treinador admitiu que não gostaria de ver o jogador, titular da melhor zaga do Campeonato Brasileiro (sete gols sofridos em 15 jogos), deixar o time neste momento.

Além de pedir à diretoria que se mobilize para segurar o atleta e cubra a proposta, Mano Menezes fez um alerta ao atleta e acredita que ele ainda não esteja pronto para se transferir para o futebol do Velho Continente.

"Penso que não é hora do Cleber sair. Se queremos criar equipe vencedora, o jogador tem que ter essa visão também. Senão você acha um jogador, ele cresce e sai. Tem muita chance de o jogador perder e você também porque ainda pode não estar no nível europeu. Não está na hora do jogador sair. Se queremos melhorar, temos que ter um pouco de paciência em tudo também e não pensar só no lado financeiro", disse Mano Menezes.

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Cleber forma, ao lado de Gil, a zaga considerada como a melhor do Brasil

O time alvinegro, no entanto, pouco tem a fazer. Os direitos do jogador estão divididos entre o próprio atleta (10%), Beto Rappa (10%) e o empresário Fernando Garcia (80%). A não ser que cubra os valores oferecidos - ainda mantidos sob sigilo -, fica nas mãos de Cleber a decisão de ir ou não. "Disseram que na próxima semana chegará uma proposta, mas até agora não chegou nada", disse o diretor de futebol do clube, Ronaldo Ximenes. O zagueiro também fez mistério. "Por enquanto, é apenas especulação".