1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mano promete um Corinthians ofensivo contra o Bragantino

Raphael Ramos - O Estado de S. Paulo

02 Setembro 2014 | 19h 09

Ciente que equipe precisa de vitória por dois gols de diferença na Copa do Brasil, treinador garante time pressionando o adversário

O torcedor do Corinthians que for nesta quarta-feira, às 22 horas, ao Itaquerão, para assistir à partida de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Bragantino, deve ver uma equipe bem diferente daquela que perdeu o jogo de ida por 1 a 0, em Cuiabá, na semana passada. O time não terá outra cara apenas por causa dos cinco desfalques (Guerrero, Elias, Gil, Lodeiro e Ferrugem), mas principalmente devido à mudança de postura.

"Sabemos como o torcedor do Corinthians quer que o time jogue e nós temos de ser assim", disse o técnico Mano Menezes nesta terça-feira. Para avançar para as quartas de final, o Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença. Por isso, o treinador promete uma equipe bastante ofensiva. A ideia é marcar a saída de bola do adversário e pressionar desde início.

"O Bragantino tem um sistema de jogo muito bem definido. Eles defendem bem e têm o contragolpe melhor ainda. É preciso ter um ponto de equilíbrio, sem dar espaço para eles", disse o treinador. "Sem desmerecer o Bragantino, nós temos mais responsabilidade de passar."

Daniel Teixeira/Estadão
Mano vai pedir pressão sobre o Bragantino desde o apito inicial no Itaquerão

Mano permitiu a entrada da imprensa apenas na parte final do treino desta terça-feira no CT do Parque Ecológico. Além de jogadas ensaiadas, o time treinou cobranças de pênalti, caso o Corinthians ganhe por 1 a 0. Mano deve escalar o time contra o Bragantino com Cássio; Fagner, Felipe, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Jadson e Renato Augusto; Romero e Romarinho.

APOIO - Apesar da derrota no jogo de ida, a torcida do Corinthians parece estar confiante na possibilidade de classificação para as quartas de final. Afinal, até o fim da tarde desta terça-feira, os corintianos já haviam adquirido 26 mil ingressos para o jogo diante do Bragantino.