1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Marcelo Oliveira deve manter esquema com 3 volantes no Palmeiras

- Atualizado: 21 Fevereiro 2016 | 14h 48

Técnico aprova formação escalada diante do Santos

Pelo segundo jogo consecutivo, o técnico Marcelo Oliveira escalou o Palmeiras com três volantes e parece que gostou do resultado, apesar do empate sem gols com o Santos, em casa, no sábado. Tanto que o comandante alviverde já avisou que deve manter a formação para as próximas partidas.

"Eu gostei. Claro que se o resultado fosse positivo gostaria mais, mas o Sales e o Jean com a bola, tiveram liberdade para sair e eles também têm poder de marcação, além de serem rápidos. Além disso, eles deixaram o Robinho e o Dudu mais soltos", analisou o treinador, que escalou Thiago Santos, Jean e Matheus Sales no meio-campo, além de Robinho.

Com a formação, Robinho era meia, mas auxiliava na marcação quando estava sem a bola, e quando o Palmeiras recuperava o jogo, era o principal responsável pela criação das jogadas. Embora tenha gostado da formação, Marcelo Oliveira acredita que ainda seja necessária melhor qualidade do meio para frente.

Marcelo Oliveira gostou do Palmeiras com três volantes e repetirá a dose
Marcelo Oliveira gostou do Palmeiras com três volantes e repetirá a dose

"No outro sistema, a gente não estava atacando frequentemente e ainda dava mais espaço do que demos diante do Santos. Os espaços que demos, no segundo tempo, foram muito mais por erros individuais", analisou.

Palmeiras em 2016
Levi Bianco/Brazil Photo Press
Palmeiras em 2016

Na 2ª rodada do Brasileirão, o Palmeiras visitou a Ponte Preta e acabou derrotado por 2 a 1

Com o sistema de jogo praticamente definido, resta ao treinador decidir quem serão os três eleitos. A tendência é que exista um rodízio, de acordo com o adversário. Contra o River Plate-URU, jogaram Thiago Santos, Arouca e Jean. Diante do Santos, Matheus Sales entrou no lugar de Arouca. A equipe ainda deve contar nas próximas semanas com Gabriel, recuperado de cirurgia.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.