1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Marcelo Oliveira vê evolução no 2º tempo como chave para vitória

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2014 | 08h 45

Treinador elogia atuação do jovem volante Eurico, que recebeu a oportunidade contra o Santa Rita e soube aproveitar

Depois de golear na partida de ida por 5 a 0, o Cruzeiro foi a Arapiraca apenas para confirmar a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil diante do Santa Rita. Mas a equipe queria mais e, depois de sair atrás no placar, foi buscar a vitória por 2 a 1 na última quarta. Para o técnico Marcelo Oliveira, foi a evolução na segunda etapa que definiu o resultado a favor dos mineiros.

"Não gostei do primeiro tempo. Achei que o adversário teve uma adaptação melhor ao estado ruim do gramado e tivemos poucas oportunidades, além de termos marcado distante a equipe deles. No segundo tempo, o time melhorou, cobramos e ajustamos algumas coisas no intervalo. Deu certo, o Cruzeiro se impôs, fez os dois gols e poderia ter feito mais", comentou.

Para Marcelo, um dos principais responsáveis por essa mudança de comportamento foi o jovem volante Eurico. "Com a entrada do Eurico, colocamos o Willian Farias na esquerda. Isso melhorou a mobilidade do nosso time e passamos a nos interessar mais pelo jogo, marcando melhor o adversário. O Eurico entrou e teve uma participação boa na nossa melhora em campo, contribuindo não só na marcação, mas também na saída de bola. Ele é um jogador interessante e que tem muito futuro."

Washington Alves/Divulgação
Marcelo Oliveira decidiu poupar alguns jogadores contra o Santa Rita

A análise de Marcelo foi entoada pelo lateral Ceará que também viu melhora no segundo tempo e avaliou que apenas nos últimos 45 minutos a equipe atuou como está acostumada. "Conseguimos colocar a bola no chão com tranquilidade, jogamos sério como sempre, fizemos os dois gols e concretizamos mais um jogo sem perder", declarou.