Marcos Senna é chamado para defender a Espanha na Copa

O volante brasileiro Marcos Senna foi convocado nesta segunda-feira pelo técnico Luis Aragonés para defender a Espanha na Copa do Mundo. O jogador, que atua no Villarreal, já havia sido chamado em outras ocasiões, mas disputou apenas uma partida pela seleção espanhola, um amistoso contra a Costa do Marfim, em março. "É o dia mais feliz da minha vida. Sempre trabalhei para disputar um Mundial, e meu sonho agora é fazer história com a Espanha", disse o jogador, em entrevista publicada pelo site do Villarreal. Entre os preteridos para a entrada de Senna, que foi revelado no Rio Branco e se destacou no Corinthians, estão Vicente e Baraja, dois jogadores do Valencia que foram titulares da Copa de 2002 e vinham sendo convocados com regularidade. O atacante Morientes, do Liverpool, que está na mesma condição, também ficou de fora. Segundo Aragonés, a prioridade na hora de escolher os 23 convocados foi o entrosamento da equipe. "Você tem de pensar na equipe como um todo, na forma de jogar, e não apenas em um jogador", afirmou. Segundo Aragonés, a prioridade na hora de escolher os 23 convocados foi o entrosamento da equipe. "Você tem de pensar na equipe como um todo, na forma de jogar, e não apenas em um jogador", afirmou. O atacante Raúl, do Real Madrid, que ainda não se recuperou fisicamente depois de sofrer uma grave contusão no joelho e realizar um tratamento moderado, sem cirurgia, foi convocado. A Espanha estréia no Copa no dia 14, em Leipzig, contra a Ucrânia. Antes, faz três amistosos: no dia 27 de maio, enfrenta a Rússia, em Albacete; em 3 de junho, pega o Egito, em Elche; e quatro dias depois, jogoa contra a Croácia, em Genebra, na Suíça. Confira os 23 convocados para a seleção da Espanha: Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid - Espanha) Santiago Canizares (Valencia - Espanha) Jose Manuel Reina (Liverpool - Inglaterra) Defensores: Michel Salgado (Real Madrid - Espanha) Carles Puyol (Barcelona - Espanha) Carlos Marchena (Valencia - Espanha) Juanito Gutierrez (Betis - Espanha) Sergio Ramos (Real Madrid - Espanha) Pablo Ibanez (Atlético de Madri - Espanha) Asier Del Horno (Chelsea - Inglaterra) Meio-campistas: Joaquin Sanchez (Betis - Espanha) David Albelda (Valencia - Espanha) Xavi Hernandez (Barcelona - Espanha) Ruben Baraja (Valencia - Espanha) Antonio Lopez (Atlético de Madri - Espanha) Marcos Senna (Villarreal - Espanha) Andres Iniesta (Barcelona - Espanha) Cesc Fabregas (Arsenal - Inglaterra) Atacantes: David Villa (Valencia - Espanha) Jose Antonio Reyes (Arsenal - Inglaterra) Fernando Torres (Atlético de Madri - Espanha) Raúl Gonzalez (Real Madrid - Espanha) Luis Garcia (Liverpool - Inglaterra)

Agencia Estado,

15 Maio 2006 | 08h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.