1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Marinho Chagas, ex-lateral da seleção, morre aos 62 anos

O Estado de S. Paulo

01 Junho 2014 | 10h 02

Craque tinha passado mal em evento sobre a Copa do Mundo, na Paraíba, com colecionadores de álbuns de figurinhas

SÃO PAULO - O ex-lateral da seleção brasileira, Marinho Chagas, faleceu na madrugada deste domingo, 1, aos 62 anos. Segundo nota da CBF, uma das estrelas da seleção de 1974, não resistiu a uma hemorragia digestiva. Francisco das Chagas Marinho era natural de Natal e nasceu no dia 8 de fevereiro de 1952.

Na noite de sábado, 31, durante um evento com colecionadores de álbuns de figurinhas da Copa do Mundo, Marinho Chagas, um dos principais jogadores da seleção brasileira e titular na Copa de 1974, passou mal e foi levado às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento Oceania de João Pessoa.

CBF/Divulgação
Marinho Chagas disputou a Copa do Mundo de 1974

Segundo testemunhas presentes no evento, Chagas conversava com algumas pessoas ao redor da mesa quando começou a vomitar sangue e foi imediatamente levado ao hospital.

Durante o atendimento, os médicos tiveram dificuldades para estabilizar o quadro clínico do ex-jogador que foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma da Paraíba, melhor preparado para este procedimento.

ALCOOLISMO

Com grande parte da carreira vivida no Botafogo, Chagas repetiu os passos de Garrincha, ex-ídolo da equipe carioca, dentro e fora de campo. Depois da aposentadoria, o lateral teve problemas com o consumo de álcool e ficou com a saúde debilitada.No último ano, Chagas ficou dez dias internado na UTI de um hospital em Natal, devido a uma hemorragia digestiva.