Christophe Simon/AFP
Christophe Simon/AFP

Marquinhos afirma que Neymar e Cavani tiveram um 'conflito normal' no PSG

'Tudo foi resolvido da melhor forma', garantiu o zagueiro que será o capitão da seleção nesta terça

Almir Leite, Ciro Campos, Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2017 | 19h54

O zagueiro Marquinhos definiu como "conflito normal" o entrevero entre Neymar e Cavani no Paris Saint-Germain. Brasileiro e uruguaio se desentenderam durante um jogo contra o Lyon pelo Campeonato Francês, em Paris, por causa de uma cobrança de pênalti. Neymar quis bater, Cavani não deixou e perdeu a penalidade na sequência.

+ No Uruguai, Cavani minimiza polêmica com Neymar: 'São coisas do futebol'

"Foi um 'conflito normal', problema bom para o treinador (o espanhol Unai Emery) ter dois jogadores que querem ter essa responsabilidade", disse Marquinhos, nesta segunda-feira, em São Paulo, logo após o treinamento da seleção brasileira. "Tudo foi resolvido da melhor forma".

Depois de quase partirem para a agressão física no vestiário, no final da partida contra o Lyon, a direção do Paris Saint-Germain interferiu e apaziguou a situação. Neymar cobrou o pênalti seguinte e tudo indica que Cavani baterá o próximo. Aparentemente, eles estão se respeitando em campo.

Marquinhos disse que Neymar já está totalmente adaptado ao time francês. "A recepção (a Neymar) foi uma das melhores. Ele é diferenciado, sabe se adaptar rápido. E os brasileiros do time ajudaram nessa adaptação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.