Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Matheus Sávio projeta titularidade no Fla e quer time ofensivo contra San Lorenzo

Meia foi o responsável pelo primeiro gol do time no Campeonato Brasileiro

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2017 | 15h46

Autor do primeiro gol do Flamengo no Campeonato Brasileiro diante do Atlético Mineiro, no estádio do Maracanã - empate por 1 a 1, no sábado passado -, o meio-campista Matheus Sávio mostra confiança na possibilidade de obter um espaço entre os titulares da equipe, mesmo com nomes de peso no elenco rubro-negro e a iminente volta de Diego - recuperado de uma cirurgia no joelho - ao time. O jogador, de 20 anos, que cita o meia como um dos ídolos no futebol, acredita estar preparado para o desafio.

"Eu venho trabalhando bastante para receber minha oportunidade. Creio que estou preparado. Ganhei uma chance na estreia do Brasileiro e acabei fazendo o gol. Essa é uma questão que o professor Zé Ricardo vai decidir. É claro que sentimos a falta do Diego, que é um ídolo para mim. Procuro me espelhar bastante nele, pois é um jogador que tem muita história no futebol. Creio que o professor vai fazer a melhor opção para o time", avaliou Matheus Sávio em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Projetando o próximo confronto do Flamengo, nesta quarta-feira, contra o San Lorenzo, em Buenos Aires, pela Copa Libertadores, Matheus Sávio avalia que o time rubro-negro precisa visar a vitória, apesar de o empate classificar a equipe para a próxima fase da competição. "Entraremos lá para ganhar o jogo. Só dependemos de nós mesmos. se ganharmos, passaremos em primeiro lugar. Temos que entrar lá para ganhar o jogo, mas sabemos que o empate pode favorecer a gente. Não temos que pensar no Atlético Paranaense e sim fazer nossa parte", garantiu.

O elenco flamenguista treinou nesta segunda-feira no CT George Helal, na zona oeste do Rio. Zé Ricardo comandou, inicialmente, uma atividade focada na movimentação ofensiva da equipe. Depois, foram feitos treinos de ataque contra defesa.

Os jogadores que iniciaram a partida de estreia do clube no Brasileirão fizeram um trabalho de troca de passes. O meia argentino Darío Conca - que se recupera de lesão - deu continuidade aos treinos específicos de aprimoramento físico, realizando exercícios de explosão muscular.

A delegação do Flamengo segue viagem para Buenos Aires na noite desta segunda-feira. Na terça, o grupo faz um treino no estádio Nuevo Gasómetro, palco do duelo contra os argentinos.

O time rubro-negro lidera o Grupo 4 com nove pontos, seguido pelo San Lorenzo, que tem sete, mesma pontuação do Atlético Paranaense, terceiro colocado na chave. A Universidad Católica, com cinco, está na lanterna do grupo, mas ainda nutre esperanças de classificação.

Os chilenos, que enfrentam o Atlético Paranaense também nesta quarta-feira, em Santiago, precisam vencer o jogo e torcer por uma vitória do Flamengo para alcançarem o segundo lugar na chave e, consequentemente, avançar na competição continental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.