1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Maxwell assume condição de reserva na seleção durante Copa

LEANDRO SILVEIRA - Agência Estado

01 Junho 2014 | 14h 49

Em coletiva deste domingo, o jogador diz que ficará na reserva

O lateral-esquerdo Maxwell foi sincero neste domingo, em entrevista coletiva na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), ao declarar que não consegue se imaginar disputando uma partida da Copa do Mundo pela seleção brasileira. Apesar de fazer parte do grupo de Felipão, o jogador do Paris Saint-Germain reconheceu que Marcelo é titular absoluto da sua posição e só uma contusão ou suspensão do companheiro o levará a ter uma chance de entrar em campo.

"Eu reconheço que o Marcelo conquistou o espaço dele. Sempre quando tive chances, foi por uma questão de lesão ou por causa dos testes do Felipão. É difícil imaginar que eu tenha uma oportunidade na Copa, mas muitas coisas podem acontecer. O importante é estar preparado para manter o nível", disse Maxwell.

FABIO MOTTA/ESTADÃO
Jogador Maxwell em coletiva após treino esta manhã, dia 01, na Granja Comary, RJ.

A sinceridade do lateral do PSG se opõe ao discurso que Marcelo adotou durante a semana, ao declarar que "seria um desrespeito" com o seu companheiro declarar que ele se sentia como titular da seleção. Mas a declaração de Maxwell tem mais bem proximidade com a realidade, afinal, seu nome não era uma certeza na lista de convocados da Copa, enquanto o colega do Real Madrid é um dos destaques da equipe de Felipão.

Maxwell deixou o futebol brasileiro em 2001, quando trocou o Cruzeiro pelo holandês Ajax, e hoje, aos 32 anos, continua sendo um jogador pouco conhecido no País. A sua presença no grupo da seleção na Copa do Mundo pode ajudá-lo a, enfim, conquistar o torcedor brasileiro, mas ele garante que não está preocupado com essa situação.

"Pessoalmente, como acontece como vários jovens que tiveram a oportunidade de sair cedo, eu não deixei a oportunidade passar e construí a minha carreira na Europa. Mas de forma alguma venho para Copa com a intenção de conquistar o povo. O importante é somar, e o reconhecimento vem com naturalidade. É a oportunidade de ganhar um título único e eu venho somente com essa intenção", afirmou.

Nesta primeira semana de preparação para a Copa, Maxwell foi, ao lado de Thiago Silva, o jogador que mais perdeu treinamentos - dois -, além de ter deixado um terceiro antes do fim, o que pode ser um indicativo de desgaste físico. Neste domingo, o lateral fez um balanço positivo do início de atividades na Granja Comary e destacou os cuidados adotados pela comissão técnica para deixar todo o grupo nas melhores condições.

"A gente fez uma primeira parte de testes físicos. Depois, a comissão técnica, junto com os preparadores, montou um programa que estamos cumprindo de forma rigorosa. Alguns jogadores ainda farão trabalho específicos de prevenção. Terminamos a semana felizes com o progresso de todos, especialmente na parte física. A exceção é o Paulinho, que ainda sente um pouco de dor", comentou Maxwell, em referência ao volante, com dores no tornozelo e que não viajará para Goiânia, onde o Brasil enfrentará o Panamá em amistoso nesta terça-feira.

Copa 2014