1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Meia inglês se impressiona em visita à favela da Rocinha

AE - Agência Estado

10 Junho 2014 | 16h 17

O meia Adam Lallana aproveitou a folga de segunda-feira no Rio para visitar a maior favela do País, a Rocinha. Junto com outros companheiros da seleção inglesa - Daniel Sturridge, Danny Welbeck, Jack Wilshere e Fraser Forster -, o atleta do Southhampton ficou impressionado com o que viu.

"Isso é realidade, aqui vivem 70 mil pessoas", disse Lallana, em declaração reproduzida nesta terça-feira pelo site oficial da Federação Inglesa de Futebol (FA, na sigla em inglês). "Eu não podia imaginar como era, mas quando você vai lá, vê como é possível. É uma experiência surreal."

Lallana e os outros jogadores da Inglaterra passaram um tempo com as crianças da comunidade, o que, segundo o meia, foi muito gratificante. Eles chegaram até a participar de uma roda de capoeira no Complexo Esportivo da Rocinha.

"Os movimentos de dança (capoeira) que os jovens executaram provam que eles têm talento. É muito bom também poder dar algo em troca", afirmou o jogador de 26 anos, que participa de sua primeira Copa do Mundo e tem boas chances de entrar em campo já no sábado, na estreia contra a Itália.

A FA divulgou que fez uma doação para o complexo esportivo da favela carioca, mas não divulgou o valor. Apenas é público que a quantia fica na casa dos cinco dígitos.

Copa 2014