1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Mena tentará resolver problema crônico da lateral do São Paulo

- Atualizado: 06 Janeiro 2016 | 22h 39

Setor convive com a falta de continuidade dos donos da posição

Eugenio Mena ainda nem foi confirmado como lateral-esquerdo do São Paulo, mas deve chegar com a responsabilidade de solucionar o problema da posição. O setor tem sofrido com a falta de titulares absolutos nas últimas temporadas e por isso o clube aposta que o chileno poderá ter uma continuidade maior, ao contrário do ocorrido em 2015, ano marcado por muitas mudanças. 

Carlinhos deixou o Fluminense com o status de que seria o titular do São Paulo no último ano. A sequência de lesões o atrapalhou e na maioria das partidas no ano, quem atuou na posição foi o reserva, Reinaldo. A temporada também promoveu a estreia do garoto da base Matheus Reis, de 20 anos, que renovou contrato com a equipe em dezembro, com vínculo até 2019.

Cortez foi lateral titular do São Paulo na temporada de 2012

Cortez foi lateral titular do São Paulo na temporada de 2012

A própria contratação do lateral-esquerdo foi a tentativa do clube de repor a perda do titular no ano anterior. O uruguaio Alvaro Pereira teve boa sequência pelo clube em 2014, quando se manteve como dono da posição. Enquanto isso, um outro estrangeiro trazido para ter o mesmo protagonismo passou a temporada inteira sem ter chance na equipe. O argentino Clemente Rodriguez fez três jogos pelo São Paulo em mais de um ano e meio de vínculo.

O jogador veio em junho de 2013 após deixar o Boca Juniors, clube em que foi campeão da Copa Libertadores. Logo na estreia, em julho, foi expulso na derrota para o Bahia, no Morumbi. Marcado por expulsões e lesões, tempo depois o argentino foi treinar isolado do grupo no CT da base em Cotia, por decisão da comissão técnica. A decisão abriu espaço para o recém-chegado Reinaldo.

O São Paulo buscou o jogador no Boca Juniors para substituir Cortez. Titular em 2012, o ex-Botafogo acabou afastado depois da eliminação do clube na Copa Libertadores de 2013, junto com outras atletas, como Cañete e Fabrício. O lateral nunca mais teve chance na equipe e atualmente está emprestado ao futebol japonês.

Apesar da expectativa sobre Mena, o chileno campeão da Copa América em 2015 tem previsão de firmar um vínculo curto com o São Pauo. A tendência é o jogador ficar emprestado apenas por uma temporada.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX