Messi embarca para Copa e elogia Riquelme e Ronaldinho

O jovem atacante argentino Lionel Messi afirmou hoje que "sonha em ser campeão mundial na Copa da Alemanha" assim que embarcava no aeroporto de Buenos Aires para se juntar a seus companheiros da seleção argentina, que embarcaram para a Itália para fazer um amistoso contra a seleção de angola, em Nápoles, dia 31 de maio. "O Brasil é uma grande equipe, mas a Argentina era a favorita no mundial passado e foi eliminada na primeira fase. Tudo pode acontecer. Nós (da seleção argentina) estamos tranqüilos, não queremos fazer muito alarde", disse a mais jovem promessa do futebol argentino. Messi também contou que "tem muita vontade de jogar" e acrescentou: "A seleção argentina é muito ofensiva, e isso me agrada muito, pois posso ter minha chance". O atacante também fez questão de enfatizar a importância que o jogo de estréia terá para a seleção argentina, no dia 10 de junho contra a Costa do Marfim. "Esse jogo é muito importante porque um resultado positivo pode nos dar a tranqüilidade que é crucial em nosso caminho até a final". Outro assunto falado por Messi foi "a honra" que sente em jogar junto dom nomes como Riquelme, na seleção, e Ronaldinho Gaúcho, no Barcelona. "Os dois são grandes jogadores e é um prazer atuar ao lado deles. Uma grande maneira de se aprender coisas novas. Vou jogar junto com Román (Riquelme)na Alemanha e espero continuar jogando junto com Ronaldinho por muito tempo", confessou. No que diz respeito à convocação do selecionado argentino, Messi se mostrou contente por José Pekerman, treinador da Argentina, ter chamado o goleiro Oscar Ustari, mas lamentou a falta do atacante Sergio Aguero, do goleiro Germán Lux e do lateral esquerdo Javier Zanetti. "Mas essas são decisões dos técnicos, devemos respeitá-las", concluiu.

Agencia Estado,

21 Maio 2006 | 14h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.