1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Futebol Internacional

Milan anuncia saída de Seedorf e promove Inzaghi como técnico

Agência Estado

09 Junho 2014 | 10h 13

Ex-atacante italiano vinha treinando as equipes de base do clube

Depois de boa parte da imprensa europeia noticiar e o próprio presidente do clube, Silvio Berlusconi, admitir a possibilidade, o Milan anunciou nesta segunda-feira uma troca de treinadores. Sai um ídolo do time italiano e entra outro, já que o ex-meia Clarence Seedorf foi demitido do cargo para a chegada do ex-atacante Filippo Inzaghi, que assinou contrato até junho de 2016. 

Ao longo da semana, Berlusconi chegou a afirmar que Seedorf era "passado" e elogiou Inzaghi. O ex-atacante, no entanto, garantiu que não havia recebido convite para assumir a equipe profissional, o que esfriou os rumores, mas apenas por uns dias. Será o primeiro trabalho como técnico de um time profissional de Inzaghi, que vinha treinando as categorias de base do clube. 

Reuters
Seedorf e Inzaghi jogaram juntos com a camisa do Milan

A notícia surpreendeu pelo pouco tempo de trabalho dado a Seedorf, que abandonou sua carreira como jogador no início do ano, no Botafogo, só para assumir o comando do Milan. E o ex-meia até conseguiu melhorar a classificação do time, que vinha muito mal com Massimiliano Allegri e acabou na oitava posição, mas ficou sem vaga nas competições europeias da próxima temporada. 

Mesmo sem nunca ter conseguido se firmar como titular, Inzaghi foi um dos grandes ídolos do Milan nos últimos anos e conquistou diversos títulos com a camisa do clube, onde atuou de 2001 a 2012. Os principais deles foram as Ligas dos Campeões de 2002/03 e 2006/07, o Mundial de Clubes de 2007 e os Campeonatos Italianos de 2003/04 e 2010/11. O ex-atacante inclusive foi companheiro de Seedorf por dez temporadas.

Futebol Internacional