Milene deverá continuar na Itália

Independentemente do que acontecer com o marido Ronaldo - que pode se transferir para o futebol espanhol - Milene Dominguez deverá continuar na Itália, jogando futebol pelo Fiammamonza. A garantia foi dada nesta terça-feira, pelo presidente do clube de futebol feminino, Sergio Negrini. "Milene firmou um compromisso conosco. Mesmo na hipótese de Ronaldo deixar a Inter, ela seguirá na nossa equipe. Há um contrato?, argumentou. O técnico do Fiammamonza, Raffaele Solimeno, disse ter conversado com Milene no final de semana, e garante estar confiante que a jogadora vai se apresentar no dia 18 de agosto, quando começa o período de preparação para a temporada. ?Nossa relação sempre foi muito transparente e estou certo que ela vai continuar com a gente, mesmo que Ronaldo tome outro caminho?, acrescentou. Segundo ele, o clube já providenciou até mesmo as acomodações para a babá do pequeno Ronald. Solimeno contou que Milene teria feito apenas uma exigência: quer passar pelo menos duas horas do dia ao lado do filho. Chamada de ?Ronaldinha? pela imprensa italiana, Milene, de 23 anos, é considerada ?peça fundamental? no esquema de jogo da equipe, segundo definição do treinador.

Agencia Estado,

06 Agosto 2002 | 09h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.