Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Militão não treina no São Paulo e vira dúvida para quinta-feira

Amigdalite deixa lateral fora de atividade e pode abrir espaço para Bruno jogar contra o CSA, na quinta-feira

O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2018 | 18h21

O São Paulo treinou nesta segunda-feira à tarde no CT da Barra Funda com uma baixa. O lateral-direito Éder Militão estava com uma amigdalite, não participou da atividade comandada pelo técnico Dorival Junior e pode ser uma baixa para a partida de quinta-feira, quando o time enfrenta o CSA, em Maceió, pela segunda fase da Copa do Brasil.

+ Marcos Guilherme comemora regularidade no time

+ Copa do Brasil 2018

A equipe teve folga no fim de semana e retomou os trabalhos nesta segunda. O treinador formou o possível time titular com:Bruno, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Hudson, Cueva, Marcos Guilherme e Nenê; Diego Souza. O trabalho não contou com a presença de goleiros nos times. A novidade é a presença de Hudson, que voltou de empréstimo ao Cruzeiro e assumiu a vaga de Petros, suspenso.

Já o time reserva teve: Araruna, Arboleda, Anderson Martins e Edimar; Aderllan, Lucas Fernandes e Shaylon; Valdívia, Brenner e Tréllez. O trabalho no campo teve também a presença do atacante Morato, que desde o ano passado tenta se recuperar de grave lesão no joelho direito. 

Na tarde de terça-feira a equipe volta a treinar no CT da Barra Funda, em atividade fechada à imprensa. Já na quarta pela manhã o São Paulo viaja para Maceió, onde realiza a atividade final para o jogo contra o CSA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.