?Militarização? preocupa Boca Juniors

O presidente do Boca Juniors, Mauricio Macri, disse nesta quarta-feira que as medidas de prevenção contra a violência devem ser reforçadas sem dar a conotação de uma ?militarização? dos estádios. A preocupação é com o clássico Boca x River Plate, domingo. Este ano quatro pessoas morreram em confrontos de torcidas.

Agencia Estado,

06 Março 2002 | 19h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.