Milton Mendes exalta qualidades de jovens jogadores da base promovidos no Vasco

Novos integrantes do time são: o zagueiro Ricardo, os volantes Andrey e Bruno Cosendey e o atacante Paulo Vitor

O Estado de S.Paulo

05 Maio 2017 | 20h14

O técnico do Vasco, Milton Mendes, valorizou a utilização de jovens das categorias de base recentemente promovidos à equipe principal do clube. Quatro atletas se juntaram ao meia Mateus Vital e ao goleiro João Pedro, que já são figuras frequentes entre os profissionais.

Os novos integrantes do time são: o zagueiro Ricardo, os volantes Andrey e Bruno Cosendey e o atacante Paulo Vitor, além do lateral-esquerdo Alan, que se recupera de um incômodo sentido em jogo contra o Vitória, válido pela Copa do Brasil Sub-20.

O treinador vascaíno enalteceu a participação dos atletas, mas garantiu que tomará precauções para não prejudicar o desenvolvimento de talentos da base no elenco que vai disputar o Campeonato Brasileiro - o time carioca estreia na competição no próximo dia 14 contra o Palmeiras, em São Paulo.

"Alguns já estavam treinando conosco. A intensidade é diferente do profissional, então temos que ter cautela com os garotos, pois possuem muita qualidade. Vamos colocá-los gradativamente nas partidas. Alguns vejo um futuro bonito. Talvez todos, se aprenderem a ser competitivos. É preciso um tempo de maturação e não colocar toda a responsabilidade em cima deles nesse momento", frisou o comandante vascaíno.

Milton Mendes também revelou quais características espera extrair dos jovens para reforçar o time que terá pela frente um desafio grande no Brasileirão após três rebaixamentos (2008, 2013 e 2013). "Precisamos de jogares mais rápidos, que decidam com mais velocidade de execução. São muitas coisas que eles podem nos dar. Podemos fazer uma espinha dorsal com os mais experientes e colocar os mais jovens", projetou.

O Vasco treinou em tempo integral nesta sexta-feira, em São Januário, onde fará, na manhã deste sábado, um jogo-treino contra o Bangu. Nesta partida, o técnico deverá testar um novo esquema tático.

"Estamos testando esse modelo de 3-6-1. É uma equipe ofensiva. São praticamente três meias. São variantes. O pessoal tem aderido bem. Estamos treinando algumas nuances importantes", revelou Milton Mendes, que projetou uma equipe vibrante na competição nacional. "O Vasco, com os jogadores que tem, tem que saber honrar a camisa. Clube grande, com história rica. Temos uma torcida extraordinária e muito apaixonada", finalizou.

Além do Bangu, o time vascaíno deverá realizar outro jogo-treino - contra o Audax Rio -, também em São Januário, antes do estreia no Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.