Mineiro é convocado para jogar a Copa no lugar de Edmílson

O volante Edmílson, do Barcelona, foi cortado da seleção brasileira que vai disputar a Copa do Mundo. Mineiro, do São Paulo, foi convocado para seu lugar. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira pelo médico da seleção, José Luiz Runco. Segundo ele, o jogador do Barcelona sofreu uma lesão na face lateral do joelho direito, e teve um inchaço no local depois de atuar no amistoso contra o Lucerna, nesta terça-feira. Edmílson foi submetido a uma ressonância magnética na manhã desta quarta-feira e verificou-se uma ruptura no menisco, e não haveria tempo de o jogador se recuperar a tempo para a Copa. "Levaria de três a quatro semanas para ele se recuperar", afirmou o médico. "Edmílson disse que já havia sentido incômodos, mas os primeiros testes não verificaram nada", explicou Runco. Ele acredita que a contusão possa ter acontecido num dos últimos jogos do Barcelona na temporada, e não tem nada a ver com a lesão no ligamento cruzado do mesmo joelho, que afastou o jogador por cerca de seis meses. Runco assegurou que a lesão não tem nenhuma relação com os desentendimentos entre Edmílson e Adriano, ocorridos no treino de segunda-feira, tampouco com uma das pancadas que o atacante teria acertado no volante durante a movimentação. Segundo Runco, Edmílson chegou a chorar depois de ser informado do corte, e já avisou que não pretende continuar com a seleção. Deve deixar Weggis ainda nesta quarta-feira. A convocação de Mineiro será formalizada assim que a Fifa autorizar a substituição de Edmílson - as seleções têm até a véspera de suas estréias para fazer alterações, desde que por motivo médico e com autorização da Fifa. A diretoria do São Paulo já foi avisada, e ele deve chegar a Weggis na sexta-feira.

Agencia Estado,

31 Maio 2006 | 12h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.