1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Com personalidade, Moisés começa a ganhar espaço no Palmeiras

- Atualizado: 22 Janeiro 2016 | 07h 42

Meia tem se destacado nos treinamentos do clube alviverde

O meia Moisés foi um dos reforços mais desconhecidos do Palmeiras na temporada. O jogador de 27 anos estava atuando na Croácia e não chegou a defender nenhum grande clube do futebol brasileiro. Entretanto, em pouco tempo, o jogador está conseguindo acabar com parte da desconfiança dos torcedores e até mesmo da comissão técnica. Além do gol marcado contra o Libertad, ele tem se destacado também nos treinamentos.

O presidente Paulo Nobre é só alegria com o início positivo do jogador com a camisa alviverde. “Moisés mostrou a que veio. Muita gente não lembrava dele. Ele chegou com muita vontade e estava ansioso para estrear e fez um belo gol. Independente disso, os minutos que ele mostrou em campo serviu para mostrar o que veio fazer aqui e acho que o torcedor já está o vendo com outros olhos”, analisou o dirigente, em entrevista à TV Palmeiras.

Moisés marca um gol em sua estreia pelo Palmeiras

Moisés marca um gol em sua estreia pelo Palmeiras

Moisés chama a atenção pela versatilidade. Ele pode atuar como volante ou meia. “Eu comecei como segundo volante e nos times que jogavam com três volantes, eu era quem tinha liberdade para sair. Na Europa, comecei a jogar de meia e quando jogo assim, tenho facilidade para ajudar na marcação”, disse o meia.

Nos treinamentos em Itu, o meia já chamava a atenção do técnico Marcelo Oliveira. Apesar da concorrência bastante elevada para conseguir uma vaga entre os titulares, o meia garante muito trabalho e espera por mais evolução.

“Começar desta forma é para poucos. Fico feliz de ter contribuído e fico feliz pela vitória da equipe. Foi um bom início, importante, ainda mais por serem adversários com a forma de jogar e costume de Libertadores”, completou o meia e volante palmeirense, que pode, inclusive, ser titular na partida contra o Nacional, sábado, às 22h15 (horário de Brasília). 

Palmeiras em 2016
Alex Silva/Estadão
São Paulo x Palmeiras

Goleiro Fernando Prass trabalhou bastante no Morumbi e evitou surra maior para o São Paulo com boas defesas

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX