Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Com personalidade, Moisés começa a ganhar espaço no Palmeiras

Futebol

César Greco/Foto Arena

Esportes

Palmeiras

Com personalidade, Moisés começa a ganhar espaço no Palmeiras

Meia tem se destacado nos treinamentos do clube alviverde

0

Daniel Batista,
O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2016 | 07h01

O meia Moisés foi um dos reforços mais desconhecidos do Palmeiras na temporada. O jogador de 27 anos estava atuando na Croácia e não chegou a defender nenhum grande clube do futebol brasileiro. Entretanto, em pouco tempo, o jogador está conseguindo acabar com parte da desconfiança dos torcedores e até mesmo da comissão técnica. Além do gol marcado contra o Libertad, ele tem se destacado também nos treinamentos.

O presidente Paulo Nobre é só alegria com o início positivo do jogador com a camisa alviverde. “Moisés mostrou a que veio. Muita gente não lembrava dele. Ele chegou com muita vontade e estava ansioso para estrear e fez um belo gol. Independente disso, os minutos que ele mostrou em campo serviu para mostrar o que veio fazer aqui e acho que o torcedor já está o vendo com outros olhos”, analisou o dirigente, em entrevista à TV Palmeiras.

Moisés chama a atenção pela versatilidade. Ele pode atuar como volante ou meia. “Eu comecei como segundo volante e nos times que jogavam com três volantes, eu era quem tinha liberdade para sair. Na Europa, comecei a jogar de meia e quando jogo assim, tenho facilidade para ajudar na marcação”, disse o meia.

Nos treinamentos em Itu, o meia já chamava a atenção do técnico Marcelo Oliveira. Apesar da concorrência bastante elevada para conseguir uma vaga entre os titulares, o meia garante muito trabalho e espera por mais evolução.

“Começar desta forma é para poucos. Fico feliz de ter contribuído e fico feliz pela vitória da equipe. Foi um bom início, importante, ainda mais por serem adversários com a forma de jogar e costume de Libertadores”, completou o meia e volante palmeirense, que pode, inclusive, ser titular na partida contra o Nacional, sábado, às 22h15 (horário de Brasília). 

Mais conteúdo sobre:

Comentários