Assine o Estadão
assine

futebol

Morre fisioterapeuta que 'curou' Suárez para a Copa do Mundo

Uruguaio faz homenagem para Walter Ferreira, vítima de câncer

0

Estadão Conteúdo

03 Janeiro 2016 | 20h05

Pivô de uma das maiores polêmicas da última Copa do Mundo ao morder o italiano Chiellini, o atacante Luis Suárez quase não disputou o Mundial. O uruguaio sofreu grave lesão no joelho em maio e não conseguiu participar da estreia no Brasil. Só se recuperou graças ao fisioterapeuta Walter Ferreira, que faleceu de câncer na tarde deste domingo.

"Hoje se foi mais do que um amigo. Foi-se um lutador que, dia a dia, não apenas lutava por ele, mas por todos os outros. Nunca vou esquecer o que fizeste por mim, porque me ensinou muitas coisas na vida, às quais tenho muito presentes. Obrigado por me dar a possibilidade de jogar um Mundial. Nunca te vou esquecer", escreveu Suárez em sua conta em uma rede social.

Hoy se fue más que un amigo... Se fue un luchador que, día a día, no sólamente luchaba por él, sino por todos los demás.... Posted by Luis Suarez on Domingo, 3 de janeiro de 2016

O fisioterapeuta, que estava com 64 anos, foi homenageado também pela Associação Uruguaia de Futebol (AUF), para quem trabalhava. "Um ser humano querido e valorizado por todos no futebol. Sem distinção de camisas, Walter trabalhou por décadas com os melhores jogadores do nosso país e foi reconhecido profissionalmente tanto no Uruguai quanto no exterior", comentou a entidade, em nota.

Mais conteúdo sobre:

Comentários