Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Morte de David Bowie aumenta lista da 'maldição' de Ramsey

Futebol

John Sibley/Reuters

Esportes

futebol

Morte de David Bowie aumenta lista da 'maldição' de Ramsey

Gols de meia galês costumam anteceder mortes de celebridades

0

O Estado de S. Paulo

11 Janeiro 2016 | 12h49

A morte do cantor inglês David Bowie, anunciada nesta segunda-feira, aumentou a lista de superstições que envolvem os gols do galês Aaron Ramsey, do Arsenal, da Inglaterra. A cada vez que o meia marca, alguma celebridade falece nos dias seguintes. A lista de coincidências tem desde líderes como o líbio Muammar Kaddafi e o saudita Osama Bin Laden, até artistas como o ator Robin Williams e a cantora Whitney Houston.

O último gol de Ramsey veio no último sábado. Em Londres o Arsenal bateu por 3 a 1 o Sunderland, pela Copa da Inglaterra, quando o jogador de 25 anos anotou o segundo o gol, o da virada. Desde 2008 na equipe londrina, o galês tem 26 gols pelo clube e no ano passado reagiu com humor quando perguntado sobre a estranha coincidência que marca sua carreira. "A coisa mais ridícula que já ouvi foi que as pessoas morrem depois que eu marco. Já houve várias ocasiões em que fiz um gol e ninguém morreu. Não passa de um rumor maluco", comentou.

O primeiro episódio de morte foi em janeiro de 2008. Dois dias depois, morreu Buddy Le Roux, o ex-dono do Boston Red Sox, time de beisebol americano. Na sequência, já em agosto de 2009, três dias após Ramsey ter marcado contra o Portsmouth morreu o senador americano Ted Kennedy.

A mesma coincidência ocorre quando o meia marca pela seleção do País de Gales. Em novembro de 2009, anotou contra a Escócia dois dias antes do atacante mexicano Antonio De Nigris morrer por ataque cardíaco. Já em 2013, a "vítima" foi o político russo Boris Berezovsky.

Confira a lista de outras coincidências:

Osama Bin Laden: Terrorista saudita foi assassinado por americanos em 1º de maio de 2011. Na véspera, o galês fez um gol contra o Manchester United.

Steve Jobs: Fundador da Apple morreu de câncer em 5 de outubro. Três dias antes o meia tinha feito um gol no clássico contra o Tottenham.

Muammar Kaddafi: Ditador líbio morreu em outubro de 2011. Um dia antes Ramsey havia marcado contra o Olympique de Marselha.

Whitney Houston: Cantora americana feleceu em 12 de fevereiro de 2012. Na véspera o jogador marcou contra o Sunderland.

Jorge Rafael Videla: Ex-presidente da Argentina morreu em 14 de maio de 2013. Três dias antes foi a vez de Ramsey ter deixado um gol na partida contra o Wigan.

Paul Walker: Ator americano morreu em acidente de carro em 30 de novembro de 2013. No mesmo dia, Ramsey marcou pelo Arsenal em jogo com o Cardiff.

Robin Williams: Ramsey fez gol contra o Manchester City em 10 de agosto de 2014. No dia sequinte o ator americano foi encontrado morto em sua casa.

Comentários