1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Motorista aponta arma para manifestantes antes de jogo no Rio

O Estado de S. Paulo

16 Junho 2014 | 11h 33

Rapaz mostra indignação com protesto momentos antes da partida entre Argentina e Bósnia e chega a fazer disparos para o alto

Uma imagem em especial chamou atenção nos protestos realizados contra a Copa do Mundo no Rio de Janeiro neste domingo, momentos antes do início da partida entre Argentina e Bósnia, no Maracanã. Um motorista, insatisfeito com a reivindicação, desceu do carro e sacou uma arma, apontando em direção a alguns manifestantes.

Marcos de Paula/Estadão
O rapaz desceu do carro armado e ameaçou alguns manifestantes no Rio

Com o objetivo de protestar contra os altos custos da Copa do Mundo, cerca de 500 manifestantes se reuniram nos arredores do estádio do Maracanã e, além de gritos e mensagens reprovando a realização do Mundial no Brasil, houve confusão com a polícia e um fotógrafo chegou a ser ferido, atingido por estilhaços de uma bomba de efeito moral.

Em meio a esse confronto, indignado por seu carro ter sido apedrejado, um motorista decidiu ameaçar os manifestantes com uma arma e, cercado, deu disparos para o alto para conter a revolta. O rapaz chegou ainda a apontar a arma para membros da imprensa, que registraram a sua reação.

Marcos de Paula/Estadão
Motorista apontou a arma na direção do fotógrafo do Estadão

Copa 2014