Assine o Estadão
assine

Esportes

Palmeiras

Mouche afirma que quer deixar o Palmeiras e jogar no Estudiantes

Argentino não vai ser aproveitado por Marcelo Oliveira

0

Daniel Batista,
O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2016 | 13h15

O atacante Pablo Mouche não está nos planos da comissão técnica do Palmeiras desde o ano passado, entretanto, está com dificuldades para deixar o clube. Desta vez, o Estudiantes é quem aparece interessado e o jogador não esconde sua vontade em retornar ao futebol argentino.

“Conversaram comigo e disse que gostei do desafio (de jogar no Estudiantes). Tenho muita vontade de jogar no Estudiantes”, disse o jogador, em entrevista à rádio La Oral Deportiva. A ideia da diretoria do Estudiantes é contratá-lo para substituir Ezequiel Cerutti, que foi negociado com o San Lorenzo.

Apesar do interesse dos clubes e do jogador, um fator pode atrapalhar a saída do argentino: Seu salário. Mouche recebe em dólar e isso faz com que muitos clubes do Brasil e dos outros países da América do Sul acabem desistindo de dar andamento a negociação.

Apesar disso, o Palmeiras está decidido a liberá-lo, tanto que nem o levou para o Uruguai, onde a equipe disputa um torneio amistoso até sábado. “É um orgulho que eles tenham me chamado e confiado em mim para esse projeto. Mas não posso dizer mais nada até que tudo se concretize. Precisamos acertar algumas coisas”, disse o atacante, que já manifestou algumas vezes sua intenção em deixar o clube.

Mouche foi contratado em junho de 2014 por 4 milhões de dólares (R$ 8,9 milhões) do Kayserispor, da Turqui e chegou por indicação do técnico Ricardo Gareca. Ele tem contrato até 2019.

Mais conteúdo sobre:

Comentários