Muñoz ganha nova chance no time

Dario Muñoz anda em baixa e meio esquecido no Palmeiras. Neste sábado, às 16 horas, contra o Guarani, ganhará rara oportunidade entre os titulares. E, para voltar a brilhar, o atacante colombiano inspira-se num compatriota, arrojado, que já é ídolo em seu país, o piloto de Fórmula-1 Juan Pablo Montoya. Montoya também está em São Paulo, onde domingo disputará o GP do Brasil. "Elé é muito bom, um astro na Colômbia", afirmou Muñoz, que não vai se arriscar a ir ao autódromo de Interlagos para prestigiar o colombiano. "Ficarei vendo pela televisão, gosto de automobilismo, mas não sou fanático." Chegou ao exagero de dizer que Montoya é melhor que o campeão Michael Schumacher. Como Montoya, o atacante terá de ser ousado para se manter no ataque palmeirense. Christian é titular absoluto e Itamar está cambaleando. Em 2002, o jogador não vem tendo boas atuações, depois de ter se tornado o "queridinho" do torcedor no ano passado. Por isso, não esconde o aborrecimento. "Fiquei chateado, porque fui tirado do time e não consegui jogar tão bem." Para tentar reverter a situação, Muñoz reconheceu que passou a se dedicar mais nos treinos e fez severa dieta. Está visivilmente mais magro, perdeu 6 quilos em relação a 2001 e, hoje, tem 62. "A comida em São Paulo é muito boa, engordei." O colombiano confessou, no ano passado, ser assíduo freqüentador das churrascarias da capital paulista. Foi obrigado a mudar a programação e a trocar as carnes e massas pela salada. O atacante terá apoio importante nas arquibancadas. Seu irmão, Juan Diego, está no Brasil para prestigiá-lo. Também trabalha no futebol. É preparador físico de uma equipe de Medellín. Muñoz espera dar um gol de presente a Diego. Já fez 8 no Palmeiras e, curiosamente, todos no Palestra Itália. A presença de Muñoz no lugar de Itamar, suspenso, é a única modificação em relação ao time que empatou com o Etti Jundiaí. A vitória diante do Guarani classificará o Palmeiras para a semifinal do Rio-São Paulo, para o Supercampeonato Paulista e para a Copa dos Campeões.

Agencia Estado,

29 Março 2002 | 19h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.