1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Na mira de clube chinês, Ricardo Oliveira fica fora de jogo do Santos

- Atualizado: 24 Fevereiro 2016 | 14h 27

Atacante deve se reunir nesta quarta-feira com a diretoria santista

O atacante Ricardo Oliveira está fora do jogo contra o Mogi Mirim, nesta quinta-feira, pelo Campeonato Paulista. Uma nota oficial da assessoria de imprensa do Santos informa que a decisão foi tomada em conjunto pela comissão técnica e o jogador por causa de sua possível saída para o futebol chinês.

O camisa 9 aprovou a proposta apresentada nesta terça-feira, tem intenção de se transferir e fará uma reunião nesta quarta-feira com o presidente Modesto Roma Junior para definir o o futuro. O Santos pede cerca de 50 milhões de euros (R$ 250 milhões), mas o negócio deve ser concretizado por valores menores.

Ricardo Oliveira não atuou contra o Mogi Mirim

Ricardo Oliveira não atuou contra o Mogi Mirim

A proposta chinesa foi apresentada pelo Beijng Guon, a mesma equipe que já havia contratado os corintianos Renato Augusto e Ralf. A janela de transferências para a China se encerra no dia 26 de fevereiro.

Com a provável saída de Ricardo Oliveira, o técnico Dorival Junior terá como opções para o ataque Gabriel, Joel, Neto Berola, Marquinhos, Paulinho e o recém-contratado Máxi Rolón. Para a partida desta quinta-feira, o treinador relacionou 22 jogadores.

Veja a lista:

Goleiros - Vanderlei e Vladimir.

Laterais - Victor Ferraz, Zeca e Caju.

Zagueiros - Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Luiz Felipe.

Meio-campistas - Thiago Maia, Lucas Lima, Renato, Alison, Léo Cittadini, Serginho, Ronaldo Mendes, Rafael Longuine e Vitor Bueno.

Atacantes - Gabriel, Joel, Patito Rodriguez, Paulinho e Neto Berola.

[---#{"MM-ESTADAO-CONTEUDO-GALERIA":[{"ID":"23416","PROVIDER":"AGILE"}]}#---]

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX