Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Não quero jogador consagrado', diz presidente do Corinthians

Andrés Sanchez afirma que o clube vai continuar investindo em atletas "com futuro para crescer"

O Estado de S.Paulo

01 Maio 2018 | 19h39

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou nesta terça-feira que não contratará jogadores consagrados para a equipe de Fábio Carille na temporada 2018. 

+ Com dores no joelho, Clayson desfalca o Corinthians diante do Independiente

+ Exame aponta lesão de Fagner, que pode ficar até um mês

“Estamos investindo. A minha política de investimento é outra. Não quero jogador consagrado”, afirmou o presidente o presidente ao programa Seleção SporTV. “Já contratamos seis garotos que têm futuro para crescer. Quando contratei Paulinho e Ralf, todo mundo reclamava”, completou o dirigente.

Além do centroavante Roger, os reforços mais recentes do Corinthians foram o lateral Juninho Capixaba, o volante Thiaguinho, os meias Mateus Vital e Fessim, o meia-atacante Bruno Xavier e o atacante Matheus Matias. Para o ataque, Emerson Sheik, de 39 anos, voltou ao Corinthians no início da temporada.

A tentativa de apostar em jogadores com potencial de crescimento mostrou erros e acertos nos últimos anos. A diretoria fez bons negócios com Ralf (2010), Leandro Castán (2010), Paulinho (2011) e Romarinho (2012). Por outro lado, alguns jogadores não conseguiram se firmar. São os casos de Bruno Paulo, Jean e Gustagol. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.