Alessandro Di Marco/EFE
Alessandro Di Marco/EFE

Napoli faz 5 a 0 no Torino e 'seca' Juventus para seguir sonhando no Italiano

Vitória deixa equipe com 80 pontos, na vice-liderança, esperando vitória da Roma sobre a líder do campeonato

Estadão Conteúdo

14 Maio 2017 | 12h42

O Napoli fez sua parte neste domingo. Sem tomar conhecimento do Torino, aplicou uma goleada de 5 a 0, na casa do adversário, e somou os pontos suficientes para seguir na briga pelo título do Campeonato Italiano. Mas agora vai "secar" a Juventus, que ainda entrará em campo neste domingo, para seguir sonhando com o troféu.

O resultado deixou o Napoli com 80 pontos, na provisória vice-liderança da tabela. Para ainda ter chances de título, a Juventus não poderá vencer a Roma, justamente seu rival na briga pelo segundo posto, neste domingo. Se o time de Turim vencer, garante o troféu com duas rodadas de antecipação.

Do duelo entre Juventus e Roma depende o futuro do Napoli se a chance de título acabar. Se o troféu não for possível, o time de Nápoles ainda poderá brigar pelo segundo posto, que dá vaga direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões - o terceiro lugar exige a disputa da fase preliminar.

Nesta busca, o Napoli não deu chances ao Torino neste domingo. Callejón abriu o placar logo aos 7 minutos. Com a vantagem, o time visitante reduziu o ritmo e só voltou a marcar no segundo tempo. Insigne anotou aos 15, Mertens aumentou aos 27 e o próprio Callejón marcou quatro minutos depois. Piotr Zielinski selou a goleada aos 33.

Ainda neste domingo, pela mesma rodada, o Crotone ganhou sobrevida na primeira divisão ao derrotar a Udinese por 1 a 0, em casa. Com 31 pontos, na antepenúltima posição, ainda tem chances de escapar do rebaixamento nas duas próximas rodadas.

Em outras partidas do dia, Sampdoria e Chievo empataram por 1 a 1, enquanto o Palermo bateu o Genoa por 1 a 0. O Bologna superou o Pescara por 3 a 1. E o Cagliari venceu o Empoli por 3 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.