Nedved reafirma aposentadoria e recusa propostas

O checo Pavel Nedved anunciou nesta quarta-feira que sua decisão de se aposentar é definitiva e que ele não aceitará proposta de clube algum, apesar da insistência de algumas equipes não reveladas por ele. A informação foi repassada em seu próprio site oficial.

AE-AP, Agencia Estado

26 Agosto 2009 | 15h28

"Eu realmente decidi não aceitar nenhuma oferta que recebi recentemente e encerrei minha carreira como jogador de futebol", afirmou o meia de 37 anos. "Quero aproveitar meu tempo com minha família, minha esposa e meus filhos".

Nedved havia anunciado em fevereiro que encerraria sua carreira ao término da última temporada do Campeonato Italiano. No entanto, após o período, os convites ao jogador continuaram aparecendo.

A primeira partida como profissional de Nedved foi disputada em 1991 pelo Dukla Praga, da República Checa, e no ano seguinte se transferiu para o Sparta Praga. Com a ida para a Lazio em 1996, o futebol do meia despontou em definitivo até ser contratado pela Juventus em 2001, onde permaneceria até o término da carreira. Em 91 partidas pela seleção checa, o meia marcou 18 gols.

Mais conteúdo sobre:
futebol Pavel Nedved aposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.