Jorge Zapata/ EFE
Jorge Zapata/ EFE

Neymar é suspenso por três partidas e desfalcará o Barça no clássico com o Real

Além de cartão vermelho, brasileiro também foi punido por aplaudir o árbitro após sua expulsão

Estadao Conteudo

11 Abril 2017 | 13h46

A expulsão diante do Málaga, no último sábado, custará muito caro para Neymar e o Barcelona. Nesta terça-feira, o jogador foi julgado pelo cartão vermelho recebido na derrota do fim de semana e acabou punido com três jogos de suspensão no Campeonato Espanhol, o suficiente para tirar-lhe do clássico diante do Real Madrid, que será disputado no próximo dia 23, no Santiago Bernabéu.

A imprensa espanhola já especulava que esta seria a pena de Neymar, e ela foi confirmada no julgamento do Comitê de Competição da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). Por causa do cartão vermelho, o brasileiro já teria um jogo de gancho garantido, mas o órgão julgou ser necessário puni-lo com outras duas partidas de suspensão por sua atitude após ser expulso.

Neymar recebeu o cartão amarelo por atrasar uma cobrança de falta do Málaga. Momentos depois, deu uma entrada dura no adversário Diego Llorente e recebeu o cartão vermelho. Irritado, deixou o campo conduzido por integrantes da comissão técnica do Barcelona e aplaudindo ironicamente o quarto árbitro da partida, o que foi relatado na súmula.

De acordo com o comitê, Neymar violou o artigo 117 do Código Disciplinar da RFEF, que decreta: "Dirigir-se aos árbitros, assistentes ou autoridades esportivas da partida com atitudes de menosprezo ou de desconsideração, sempre que a ação não constitua falta mais grave, ocasionará suspensão de duas ou três partidas ou pelo período de um mês".

A RFEF ainda explicou que Neymar não xingou ou intimidou o auxiliar ou o árbitro fisicamente, o que resultou na pena mínima para estes casos. "Depois da expulsão no minuto 65 da partida, como consequência de dois cartões amarelos, o jogador efetivamente realizou o gesto de aplaudir quando saia de campo, mas não pronunciou palavra alguma, não advertiu, nem gritou, nem tocou, nem de nenhuma outra maneira atacou com palavras ou gestos os árbitros."

Com a expulsão, Neymar já seria desfalque certo para a partida diante da Real Sociedad, neste sábado. Agora, contudo, perderá também os confrontos com o Real Madrid, dia 23, e Osasuna, três dias mais tarde. O duelo com o rival madrilenho é fundamental porque o Barça ocupa a segunda colocação do Espanhol, com 69 pontos, três a menos que o Real, que tem um jogo a menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.