Benoit Tissier / Reuters
Benoit Tissier / Reuters

Neymar estaria arrependido por trocar o Barcelona pelo PSG, diz TV

Brasileiro está insatisfeito com o técnico Unai Emery e não se adaptou ao estilo de vida na França

O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2017 | 10h28

Neymar estaria arrependido de ter trocado o Barcelona pelo Paris Saint-Germain na última janela de transferências da Europa. Quase três meses depois de ser seduzido pelo projeto da equipe francesa e se tornar o jogador mais caro da história, 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 819 milhões), o brasileiro não está se adaptando ao seu novo clube, afirmou o jornalista Pitu Abril, no programa La Portería, da emissora catalã Betevé.

Grupo pró-Estado Islâmico usa imagem de Messi e Neymar para ameaçar Copa

+ Executivo que bancou Neymar no PSG é acusado de pagar propina a Valcke

Segundo Abril, Neymar está insatisfeito com o técnico Unai Emery. Além disso, o atacante e seu estafe não estão à vontede na capital francesa e sentem falta da vida na Espanha.

Os rumores sobre a saudade de seu antigo time ganhou ainda mais força neste último fim de semana, quando Neymar  foi o CT Joan Gamper para visitar seus antigos companheiros. "Assim eram os nossos dias, eu contando as notícias. Fico feliz em vê-los, irmãos", postou em foto que aparece ao lado de Luis Suárez e Lionel Messi. Nas redes sociais, o Barcelona também publicou imagens do encontro no centro de treinamento do clube.

 

 

Así eran nuestros dias, yo contando las noticias ???? @leomessi @luissuarez9 me alegro verlos hermanos

Uma publicação compartilhada por Nj ???? ?? neymarjr (@neymarjr) em

Apesar de estar conseguindo bons números dentro de campo com o PSG, que lidera o Campeonato Francês, Neymar já protagonizou algumas polêmicas desde sua chegada na França. Primeiro ele se desentendeu com Cavani para saber quem seria o cobrador oficial de faltas e pênaltis da equipe. Depois ele acabou sendo expulso no clássico com o Olympique de Marselha depois de receber o cartão amarelo por reclamação e, na sequência, dar um empurrão em Ocampos e ser expulso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.