1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Neymar marca dois em retorno, Suárez estreia e o Barcelona goleia

Estadão Conteúdo

18 Agosto 2014 | 17h 33

Brasileiro não jogava desde a joelhada na Copa, dia 4 de julho, atua 45 minutos e ajuda clube a levar o Joan Gamper com 6 a 0 no León

Um mês e meio depois de deixar o gramado com uma fratura na terceira vértebra da coluna na vitória do Brasil sobre a Colômbia, ainda pela Copa do Mundo, Neymar voltou aos campos nesta segunda-feira em grande estilo. O atacante atuou durante os primeiros 45 minutos da decisão do Troféu Joan Gamper e foi o destaque do Barcelona, ao marcar duas vezes e dar uma assistência na goleada por 6 a 0 sobre o León, do México, no Camp Nou.

Neymar não exibiu qualquer dificuldade de movimentação, bem diferente daquele dia 4 de julho, quando assustou o Brasil ao deixar o duelo de oitavas de final da Copa chorando muito após a entrada dura de Zuñiga. Ele se entendeu bem com Messi nesta segunda e os dois foram responsáveis pelos melhores momentos do Barcelona. O argentino também deixou sua marca. O jovem Munir, de 18 anos, marcou outros dois e Sandro definiu a goleada.

A expectativa do torcedor catalão era ver Messi, Neymar e Luis Suárez atuando juntos. Liberado pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) para treinar e disputar amistosos, após a suspensão de quatro meses aplicada pela mordida em Chiellini na Copa do Mundo, o uruguaio, no entanto, entrou somente aos 30 minutos do segundo tempo, já sem o brasileiro ou o argentino em campo. E o estreante pouco pegou na bola.

Gustau Nacarino/Reuters
Neymar está recuperado de lesão e brilhou no amistoso do Barcelona

Com a vitória, o Barcelona ficou com o título do Troféu Joan Gamper pela 37.ª vez, sendo a segunda consecutiva. No ano passado, a equipe conquistou o torneio amistoso ao golear o Santos por 8 a 0. Agora, se prepara para a estreia no Campeonato Espanhol diante do Elche, domingo, também no Camp Nou.

O JOGO - O Barcelona começou com tudo o primeiro tempo e marcou duas vezes antes dos 15 minutos. Logo aos dois, Messi enfiou na esquerda para Neymar e correu para a área. O passe do brasileiro saiu desviado, mas a bola subiu e ficou perfeita para o argentino tocar de cabeça para a rede.

Depois de dar a assistência para o primeiro gol, foi a vez de Neymar balançar a rede, aos 11. Iniesta deu enfiada perfeita no pé do brasileiro. De primeira, de esquerda, ele deu toque sobre o goleiro, marcando lindo gol por cobertura.

O segundo gol diminuiu o ritmo do Barcelona, que ainda chegou outras duas vezes com Rafinha Alcântara e Neymar antes de marcar o terceiro, já aos 43 minutos. Messi recebeu na intermediária e, de cavadinha, encontrou justamente Neymar, que dominou tirando do goleiro e tocou de calcanhar para a rede.

Autor de dois gols, o brasileiro saiu no intervalo para a entrada de Munir, que marcaria o quarto aos nove minutos. Rakitic deu lançamento perfeito para Daniel Alves, que chegou tocando de primeira para o meio da área. O jovem atacante, então, tocou para o fundo da rede.

Outra vez o gol fez o Barcelona relaxar. A equipe tocava a bola de lado e sequer ameaçava o León. Somente Munir parecia querer jogo e foi o atacante que quase marcou aos 25, quando driblou o goleiro Martínez mas parou na zaga. Aos 32, ele mesmo fez o quinto ao bater após linda jogada de Sandro. O próprio Sandro encerraria o placar nos acréscimos.