1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Neymar só ficou fora de 6 de 60 jogos no ciclo até a Copa de 2014

Leandro Silveira - Agência Estado

05 Julho 2014 | 09h 01

Atacante participou de todos os jogos desde o retorno de Felipão

Não é exagero dizer que a seleção brasileira vem sendo Neymar e mais dez. Afinal, entre o primeiro amistoso até a Copa do Mundo de 2014 - a vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, o primeiro após a eliminação na África do Sul em 2010 - e o triunfo por 2 a 1 sobre a Colômbia, na última sexta-feira, pelas quartas de final do Mundial, a equipe disputou 60 partidas e em apenas seis delas Neymar não esteve presente.

Agora, porém, o atacante ficará fora daqueles que podem ser os dois mais importantes jogos da seleção nos últimos quatro anos. Afinal, Neymar fraturou a terceira vértebra lombar após levar uma joelhada do lateral colombiano Zuñiga e não terá condições de enfrentar a Alemanha, na próxima terça-feira, no Mineirão, pelas semifinais da Copa, além de ficar de fora de uma eventual decisão no domingo, no Maracanã, ou da disputa do terceiro lugar, no sábado, no Mané Garrincha.

As seis partidas que Neymar ficou fora foram no início do atual ciclo da Copa, quando a seleção ainda era dirigida por Mano Menezes e contra apenas dois adversários que se classificaram para este Mundial, o Irã, que caiu na primeira fase, e a França, eliminada nas quartas de final.

Nilton Fukuda/Estadão
Neymar encerra sua participação na Copa com 4 gols

Em outubro de 2010, Neymar ficou de fora das vitórias por 3 a 0 sobre o Irã e por 2 a 0 diante da Ucrânia. Em ambos os triunfos, a dupla de ataque titular foi formada por Robinho e Alexandre Pato, jogadores que não estão na Copa.

Já em 2011, foram três jogos sem Neymar. Em fevereiro, também com Robinho e Pato no ataque, a seleção perdeu por 1 a 0 para a França. Os outros dois jogos que não contaram com a presença do craque foram em novembro, nos triunfos sobre Gabão e Egito, ambos por 2 a 0, quando Mano escalou Hulk e Jonas no setor ofensivo. 

O último jogo que Neymar perdeu pela seleção aconteceu em 2012. Em jogo realizado na Alemanha, O Brasil bateu a Dinamarca por 3 x 1 com Hulk e Leandro Damião no comando de ataque.

Com Felipão, a seleção contou com Neymar nas 27 partidas que disputou desde o seu retorno ao comando do time nacional no final de 2012. Agora, porém, o treinador terá que buscar uma forma de jogar sem o atacante para o duelo da próxima terça-feira com a seleção da Alemanha, que vale uma vaga na decisão da Copa.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo