Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

'Ninguém esperava que eu tivesse mais gols do que o Neymar', diz Willian José

Atacante da Real Sociedad tem 12 gols contra dez do craque do Barcelona 

Entrevista com

Willian José, atacante da Real Sociedad

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

14 Maio 2017 | 07h00

Qual brasileiro tem mais gols no Campeonato Espanhol? A resposta óbvia seria Neymar. Mas é outro ex-santista, com passagem também pelo São Paulo, que ocupa o posto. Willian José, da Real Sociedad, marcou 12 gols contra dez do jogador do Barcelona. Restando duas rodadas para o final da competição ficar à frente do craque da seleção é apenas uma das metas do atacante de 25 anos. 

A outra é conquistar vaga na Liga Europa. Com 62 pontos, mesma pontuação Athletic Bilbao, a Real Sociedad está na sétima colocação pelos critérios de desempate. O Villarreal soma 63 e é o quinto. Os três times brigam por dois lugares na competição europeia. 

Em entrevista ao Estado, Willian José fala sobre o bom desempenho na temporada - são 14 gols e cinco assistências em 32 partidas -, da disputa com Neymar e pela vaga da Liga Europa e do futuro. O Everton, da Inglaterra, pode desembolsar 28 milhões de libras (R$ 112 milhões) para contratá-lo. 

Qual o peso para o clube conseguir uma vaga na Liga Europa?

O peso é grande. Estamos empatados com o Bilbao, que é o nosso rival, e um ponto atrás do Villarreal. Vamos brigar até o último jogo para conseguir classificar. Temos totais condições de obter uma vaga, o time está muito bem na competição, fazendo uma bela temporada e todos nós esperamos conseguir esta classificação. 

Depois de alguns empréstimos, você foi comprado pela Real Sociedad antes do início desta temporada e, coincidentemente, você vive o melhor momento na Europa. Faltava ter essa segurança para deslanchar?

É o meu melhor ano depois de vários empréstimos. Na temporada passada fez uma boa campanha com o Las Palmas, fui comprado pela Real Sociedad e assinei um contrato de cinco anos. Estou muito feliz aqui. É o que todo jogador necessita, ter tranquilidade para trabalhar e é o que encontrei aqui.  

Você fez gols contra Barcelona e Atlético de Madrid nesta temporada e Real Madrid na passada... Qual o tamanho da importância disso?

Tem uma importância muito grande para mim. Estar enfrentando esses times grandes, jogando contra os melhores jogadores do mundo e ainda marcando gols, é maravilhoso. Não esperava que tudo isso acontecesse tão rápido e estou muito feliz.

Você tem mais gols do que o Neymar. Isso te surpreendeu?

Estou surpreendendo todo mundo. Ninguém esperava que eu tivesse mais gols do que o Neymar no Campeonato Espanhol porque ele estava marcando muitos gols nos últimos anos. Estou com dois gols na frente dele, ainda temos dois jogos e espero que ele não faça mais nenhum e eu posso marcar mais uns dois para terminar o ano bem. 

São sete gols de cabeça no Campeonato Espanhol, quem mais marcou neste fundamento na competição, qual o segredo? É um diferencial importante para você?

É resultado do trabalho. A nossa equipe treina muito jogadas de cruzamento e, nesta temporada, está dando tudo certo. Estou conseguindo fazer gols de cabeça que não eram o meu forte, nunca fui de fazer tantos gols neste fundamento. Sou o jogador com mais gols de cabeça na competição. Espero fazer mais um ou dois nos jogos que faltam e possamos garantir vaga na Liga Europa.

Suas atuações despertarem o interesse de outros clubes. Segundo o noticiário na Inglaterra, o Everton pagaria R$ 112 milhões para contratá-lo. Como vê essa valorização?

É normal quando o jogador se destaca, faz uma boa temporada, aparecem times interessados, propostas... Mas não estou pensando nisso agora. Estou tranquilo, muito feliz, fazendo uma bela temporada e acredito que vou passar mais um tempo aqui.    

Se imagina jogando na Inglaterra? É um campeonato que talvez se encaixe bem no seu estilo de jogo?

Já me imaginei jogando na Inglaterra, um dos campeonatos mais difíceis do mundo. Faz mais o meu tipo de jogo, mas estou tranquilo aqui, não sei se é o momento de sair. Estou vivendo um momento muito bom aqui na Espanha, na Real Sociedad, que me deu todo o suporte para que eu pudesse trabalhar com a minha cabeça tranquila e render dentro de campo.

Como está sua vida na Espanha? Como o tímido garoto de Porto Calvo se tornou um cidadão do mundo?

A minha vida na Espanha é muito tranquila, sou casado, o que faço é treinar e ir para casa. Sou muito feliz aqui. Espero continuar mais tempo. No começo foi difícil. Sair do interior pequeno, ir morar fora do seus país é muito complicado. Me adaptei rápido. Estou feliz de conseguir fazer o que mais gosto e ter sucesso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.