futebol; Palmeiras; Juninho
futebol; Palmeiras; Juninho

Novidade no Palmeiras, Juninho diz ser difícil enfrentar ex-clube

Zagueiro ganha chance de titular justamente na partida contra clube que o revelou, o Coritiba, adversário da próxima segunda

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

13 Setembro 2017 | 17h34

O zagueiro Juninho, do Palmeiras, vive uma situação dupla na preparação para enfrentar o Coritiba, na segunda-feira, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador receberá a oportunidade de ser titular na defesa na vaga de Luan, expulso no último fim de semana, justamente para enfrentar o clube que o revelou e onde atuava até maio deste ano.

"É um pouco difícil enfrentar o Coritiba, mas dentro de campo temos que deixar as coisas de lado. O Coritiba me ajudou, sou agredecido ao clube, mas quando o juiz apita, temos que esquecer disso", afirmou o zagueiro em entrevista coletiva. Curiosamente, no primeiro turno, no Couto Pereira, o defensor fez um dos primeiros jogos pelo Palmeiras justamente contra o ex-clube, na derrota por 1 a 0.

Contratado por cerca de R$ 10 milhões, Juninho atuou pelo Coritiba durante dois anos e disse que antes de partida, vai conversar com os ex-companheiros sobre o reencontro. "Como fui revelado lá, tenho muitos amigos. Não conversei ainda com meus ex-companheiros. Estou na correria de umas coisas pessoais, nem deu para conversar. Mas vamos falar sobre o jogo, sim. Mas dentro de campo temos que esquecer tudo", disse.

Juninho vai fazer a dupla de zaga junto com Edu Dracena contra o Coritiba em uma das duas mudanças previstas pelo técnico Cuca para o jogo. A outra também será por motivo de suspensão, já que o atacante Willian acabou expulso contra o Atlético-MG e deve dar lugar a Dudu para a partida da segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.